Uma equipe do Batalhão Ambiental em Canarana (a 823 km de Cuiabá) encaminhou à delegacia na última quarta-feira (23.09), três homens por crime ambiental e por descumprir embargo já estabelecido pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), em 2019.

Os policiais realizavam patrulhamento pela região e perceberam que toda vegetação da área tinha sido retirada. Em consulta, via sistema Global Maper, foi confirmado a irregularidade da extração da vegetação devido à fazenda já ter sido impedida, além de estar em uma reserva legal do bioma amazônico.


-Continua depois da publicidade ©-

Os três homens estavam nos maquinários e foram abordados. Questionados sobre as documentações necessárias como o Cadastro Ambiental Rural ou qualquer outro tipo de autorização, responderam que não tinham.

 

Eles foram informados que não poderiam trabalhar na área em nenhuma hipótese. Foram emitidos termos de apreensão, inspeção e depósito com o recolhimento dos cinco tratores, sendo quatro deles com esteira.

O proprietário da fazenda foi identificado e durante o contato por telefone foi informado de toda irregularidade identificada pelos agentes no local.