Indígena líder xavante tem alta médica após ser contaminado por Covid-19 em MT; pais morreram pela doença

0
Foto: TV Centro América/Reprodução

O líder xavante e presidente da Federação Indígena de Mato Grosso, Crisanto Rudzo, de 46 anos, teve alta médica nesta terça-feira (7), depois de ser curado após ter o novo coronavírus. Ele é de Campinápolis, mas foi levado à um hospital em Barra do Garças para o tratamento da doença

O indígena chegou a ser levado para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e se recuperou da Covid 19. Quando estava no Pronto Socorro, ele gravou mensagens no idioma dos xavantes pedindo que aos indígenas que ficassem em casa, usem máscara e evitem aglomerações.

Os pais de Crisanto também foram contaminados e morreram.

Segundo o último boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), já são mais de 100 casos confirmados da etnia Xavante. Na saída ele falou rapidamente com a imprensa.

“Eu estou aqui, 99% curado e vou terminar o resto do tratamento em casa”, afirma.

Na próxima sexta-feira (10), A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, vai estar em Farra do Garças para anunciar ações em defesa da saúde indígena durante a pandemia.

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (14/08/2020)


Amazonia 03 de Junho