Caso Isabele: Irmãos de suspeita de matar adolescente são ouvidos em investigação

0
Renan Serra

Os irmãos da menor acusada de matar acidentalmente a adolescente Isabele Ramos de 14 anos prestaram depoimento na manhã desta terça-feira (28), na Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica).

Defensor da família, o advogado Renan Serra, afirmou que o empresário Marcelo Cestari não estava foragido e que já atualizou seus novos endereços à Justiça. =

A defesa da família da vítima havia pedido previsão preventiva do empresário, caso ele não fosse localizado pelo oficial de justiça em uma nova tentativa.

Não tem sumiço nenhum, a família momentaneamente se ausentou da residência por conta da tragédia. A defesa compareceu no processo, foi intimada. Não existe sumiço, está dentro do prazo para se manifestar”, explicou Serra.

Os irmãos da acusada são testemunhas na ação e como o inquérito tramita sob segredo de Justiça, o advogado não comentou sobre o caso. Ainda disse que por ser tratar de menores, ele não acompanhou o depoimento. As testemunhas saíram pelos fundos da delegacia.

A Isabele Ramos, 14, foi morta no dia 12 de julho na casa da suspeita, de quem era amiga. Ela alegou à polícia que a arma disparou sozinha quando caiu da casa em que estava armazenada.

Cuiabá: semana será marcada por novas oitivas no caso Isabele

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (08/08/2020)


Amazonia 03 de Junho