23 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 26 novembro, 2021
InícioMATO GROSSOCUIABÁConfiança do empresário em Cuiabá cai em outubro após consecutivos meses de...

Confiança do empresário em Cuiabá cai em outubro após consecutivos meses de alta

Por Redação

A pesquisa que monitora o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), em Cuiabá, ficou em 135,7 pontos no mês de outubro, contra 138,2 pontos no mês anterior (-1,8%), interrompendo uma sequência de quatro altas consecutivas. De acordo com o Instituto de Pesquisa e Análise da Fecomércio Mato Grosso (IPF-MT), diferentemente da média nacional, que registrou o segundo mês consecutivo de queda, a capital mato-grossense cresceu ainda em setembro, contrariando o restante do país.

O resultado atual da pesquisa também mostra que o índice está 13,1% maior no comparativo com outubro de 2020, quando somava 120,1 pontos. Além disso, a pesquisa revela que os empresários do comércio estão otimistas (com pontuação acima de 100) deste setembro de 2020, quando se recuperaram dos piores momentos enfrentados devido à Covid-19.

De lá para cá, o diretor de Pesquisas do IPF-MT, Maurício Munhoz, explica que “alguns indicadores que formam o Icec, como o que mede o ‘Nível de Investimento das Empresas’ continuam melhorando, indicando que, na prática, a economia está crescendo”. Na variação mensal, este componente aumentou 3,4% e já soma 117,7 pontos. Se comparado com o mesmo período do ano passado, o aumento observado é de 25,4%.

Já com relação à economia atual, os indicadores da pesquisa, segundo o presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, refletem o risco de alta da inflação no país e, consequentemente, dos juros mais altos. “O componente ‘Condições Atuais da Economia’ sofreu uma grande queda em outubro, ou seja, o fantasma da inflação e dos juros altos criam a expectativa negativa e isso reflete no nível de confiança do empresário”, afirmou Wenceslau Júnior.

A queda do componente foi de 12% na variação mensal, chegando a 98,5 pontos, ficando na zona de insatisfação por parte dos empresários, o que evidencia as queixas das condições macroeconômicas desfavoráveis para os empresários. Ainda assim, houve melhora no comparativo anual, saindo de 69 pontos para os atuais 98,5 pontos, alta de 42,7%.

O Sistema S do Comércio, composto pela Fecomércio, Sesc, Senac e IPF em Mato Grosso, é presidido por José Wenceslau de Souza Júnior. A entidade é filiada à Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que está sob o comando de José Roberto Tadros.

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Redes sociais

107,362FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,089SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

SUCESSÃO NA OAB
Em eleição disputada voto a voto, advogada Danusa é eleita presidente da OAB Lucas do Rio Verde
novembro 26, 2021
GERALC
Lucas do Rio Verde é destaque no Prêmio Cidades Excelentes 2021
novembro 26, 2021
Lucas do Rio Verde
Alunos da Eça de Queirós realizam atividade prática que fomenta o cooperativismo
novembro 26, 2021
COTIDIANO
“Violência contra mulher é violação de direitos humanos”, diz desembargadora em visita a Lucas
novembro 26, 2021