Daltro alerta sobre prazo para votação de mudanças na previdência municipal

Segundo presidente em exercício da Câmara, se a PEC que tramita no Congresso Nacional for aprovada, a mudança na Previlucas não terá efeito

Fonte: CenárioMT

daltro figur sessao 21082023
Foto: Rayan Nicácio/Ascom

As propostas de mudanças no sistema previdenciário de Lucas do Rio Verde seguem rendendo discussões. Apesar de já ter passado pela primeira votação na Câmara de Vereadores, o projeto de lei travou na Casa e é objeto de reuniões envolvendo representantes dos servidores públicos do município.

Esse impasse pode ser prejudicial aos servidores luverdenses. A observação é do presidente em exercício da Câmara de Vereadores. Daltro Figur falou sobre a tramitação do projeto durante a sessão ordinária desta segunda-feira (03). Ele mencionou que as mudanças no sistema previdenciário de Lucas do Rio Verde devem ser resolvidas pelos servidores municipais e Previlucas, o Instituto de Previdência do município. Porém demonstrou preocupação.

“Temos uma preocupação de que se a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) for aprovada (no Congresso Nacional) esse projeto se torna um projeto inútil, não tem como fazer, como votar depois. Mas estamos aguardando. No momento certo a gente coloca na pauta e acaba votando. Esse é um projeto que não ser retirado mais porque ele já passou em primeira votação”, destacou.

Ainda segundo Figur, o projeto pode ser aprovado ou mesmo reprovado. “Mas aí vai do entendimento de cada vereador. Mas no momento oportuno a gente vota aquele projeto. No momento está tudo resolvido aqui na Câmara”, pontua.

O presidente em exercício explicou ainda que, por ter passado pela primeira votação, o projeto não pode mais sofrer alterações. “Ele não pode mais sofrer emenda, ele tem que ser votado do jeito que ele tá aí. Então, eu acho que as discussões nesse momento, estamos perdendo tempo, nós já tivemos mais de treze, quatorze reuniões pra tratar desse assunto e vários participaram”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.