Hotel onde passageiro diagnosticado com Covid-19 se hospedou passa por desinfecção em MT

0
Foto: PRF/MT

O hotel onde um passageiro diagnosticado com Covid-19 durante uma viagem de ônibus se hospedou, em Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá, passou por um processo de desinfecção, nessa quinta-feira (9), após notificação do Ministério Público Estadual (MPE-MT).

O paciente saiu de São Paulo e seguia para Porto Velho (RO), na semana passada, mas foi detido quando passava por Mato Grosso, pois havia a suspeita de coronavírus.


-Continua depois da publicidade ©-

De acordo com a prefeitura, foi realizada a coleta e o resultado, divulgado nesta semana, foi positivo. O paciente está em isolamento em um hospital da cidade, sendo acompanhado por profissionais de saúde. O quadro dele é estável.

Após a confirmação do diagnóstico, o MPE encaminhou uma notificação urgente para que fosse feita a desinfecção do local como prevenção à disseminação do vírus na região.


A ação foi realizada pelo Corpo de Bombeiros.


--Continua depois da publicidade ©--

A Secretaria Municipal de Saúde informou que o paciente não é morador do município e reforçou que, ainda sim, o isolamento social e higienização são as ações mais importantes por parte da população para evitar a propagação do vírus na cidade.

Abordagem

O paciente foi abordado no dia 1º de abril. Ele saiu de São Paulo no dia 28 de março, com destino a Porto Velho, e depois retornaria com destino a Cuiabá.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a equipe de Vilhena, em Rondônia, entrou em contato com a equipe de Pontes e Lacerda, informando que no ônibus que fazia aquela linha havia um passageiro com suspeita da doença.

A PRF acionou o Corpo de Bombeiros Militar e representantes da Secretaria Municipal de Saúde de Pontes e Lacerda, que compareceram no posto da polícia e aguardaram a chegada do veículo de transporte coletivo.

Ao passar pelo local, o ônibus foi abordado. Ele transportava 13 passageiros e todos passaram pela triagem, inclusive o motorista.

Os exames foram feitos de forma individualizada. As equipes identificaram o homem que apresentava todos os sintomas de infecção pelo coronavírus e o encaminhou para uma unidade de saúde.



--PATROCINADO--