Homem que matou filho de três meses é agredido no tribunal

0

Um homem, acusado de matar o filho de três anos, foi espancado pelo tio da criança, quando saía da sala onde tinha acabado de ser julgado, em Indiana, nos EUA.

Kwin Boes é acusado de matar o filho Parker, de três meses, ao provocar um traumatismo craniano na criança, em 2018.

O homem foi sentenciado a uma pena de 25 anos – 19 dos quais na prisão, e os restantes seis desenvolvendo trabalho comunitário. Também foi obrigado a pagar as despesas do funeral do filho.

Conhecida a sentença, e enquanto saía da sala, já algemado, Kwin foi atacado e esmurrado. O agressor foi mais tarde identificado como se tratando de Jeremiah Hartley, tio da vítima.