Sema apreende pescado irregular e espingarda em Poconé

0

Equipe da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema/MT) apreendeu 38,6 kg de pescado irregular de diversas espécies, uma espingarda calibre 22 e uma tarrafa de isca na região de Porto cerrado, município de Poconé. A Operação foi realizada em Parceria com o 4° Batalhão de Policia Militar (4° BPM/MT).

Durante a operação realizada no sábado (09.03), foram apreendidas espécies de pacu, pacupeva, barbado, peraputanga e piau que se encontravam abaixo das medidas mínimas exigidas por Lei. Uma pessoa foi conduzida a delegacia de Poconé pelo porte ilegal de arma. Também foram vistoriados 105,5 kg de pescados de pescadores profissionais na região e foi constatado que o produto estava regular.


O pescado apreendido foi doado para o Lar dos Idosos – Soc. São Vicente de Paula em Poconé-MT. O infrator recebeu uma multa no valor de quase R$ 70 mil.

Regras da pesca

Embora esteja fora do período de defeso da piracema estadual, os pescadores profissionais e amadores precisam seguir algumas regras determinadas pela Lei Estadual nº 9.096/2009, que estabelece a proibição para uso de apetrechos de pesca como: tarrafa, rede, espinhel, cercado, covo, pari, fisga, gancho, garateia pelo processo de lambada, substâncias explosivas ou tóxicas, equipamento sonoro, elétrico ou luminoso. As medidas mínimas dos peixes constam na carteira de pesca do Estado e algumas delas são: piraputanga (30 cm), curimbatá e piavuçu (38 cm), pacu (45 cm), barbado (60 cm), cachara (80 cm), pintado (85 cm) e jaú (95 cm).

  Orquestra CirandaMundo celebra aniversário de Cuiabá na abertura da Temporada 2019

Denúncias

O cidadão pode denunciar a pesca depredatória e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838/ou via WhatsApp no (65) 99281-4144. Outros telefones para informações e denúncias: (65) 3613-7394 (Setor Pesca), nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.