PSDB em Mato Grosso declara apoio a Bolsonaro

0

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) em Mato Grosso divulgou nesta quinta-feira (11) apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). O anúncio ocorreu após reunião da diração estadual, seguindo orientação nacional de que cada Estado decidiria como a sigla se comportaria neste 2º turno.

 

“Segundo orientação do diretório nacional, foi deliberado aos diretórios regionais para decidirem o rumo que iria tomar quanto a eleição no 2º turno. Nós fizemos uma convocação muito rápida, que foi de um dia para o outro. As pessoas de fora não puderam vir, mas já se manifestaram. E aqui, Mato Grosso não pode num momento crucial como esse se omitir. Nós decidimos aqui que iremos apoiar o candidato Jair Bolsonaro no 2ª turno”, afirmou Paulo Borges, presidente do PSDB-MT.

 

O anúncio vai de encontro ao que o deputado federal e líder do PSDB na Câmara Federal, Nilson Leitão (PSDB), e o governador Pedro Taques (PSDB), defendem. Ambos já haviam anunciado um eventual apoio ao candidato do PSL no 2º turno. O PSDB que amargou duras derrotas no Estado, não reelegendo Taques e nem Leitão ao Senado, ainda terminou com menos de 68 mil votos para o candidato à presidência Geraldo Alckmin (PSDB) .

 

“O PSDB, desde a sua fundação, sempre presou pela democracia. Durante todos esses anos, nós ficamos como principal opositor do PT em nível nacional. Ou seja, 13 anos de desmando, 13 anos de oposição, o PSDB foi um dos partidos que capitaneou o Impeachment da presidente Dilma. Nós entendemos que o candidato Bolsonaro tem uma grande Ascenção no estado de Mato Grosso, é uma pessoa que pode fazer a diferença, nós acreditamos nisso”, salientou Borges.

 

Para Paulo Borges, o PSDB deverá passar por uma nova reestruturação, como ocorreu a partir de 2003, quando a sigla perdeu a disputa ao governo e viu a sua maior liderança, o ex-governador Dante de Oliveira (PSDB) ser derrotado ao Senado.

 





| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui