Microsoft aposenta DirectAccess e recomenda Always On VPN para acesso remoto seguro

Fonte: CenárioMT

Atualização de junho do Windows 11 causa problemas de inicialização e é suspensa pela Microsoft
Créditos: Microsoft

A Microsoft anunciou a aposentadoria do DirectAccess, solução de acesso remoto presente desde o Windows 7, em versões futuras do Windows. A empresa recomenda a migração para o Always On VPN, que oferece maior segurança, suporte contínuo e mais flexibilidade.

DirectAccess em declínio:

Microsoft aposenta DirectAccess e recomenda Always On VPN para acesso remoto seguro

O DirectAccess, lançado no Windows 7 e Windows Server 2008 R2, permitia aos usuários remotos uma conexão “always on” à rede corporativa sem a necessidade de VPNs tradicionais. Era utilizado por funcionários remotos que precisavam de acesso constante à rede e por administradores de TI que gerenciavam dispositivos fora do local.

[-CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE-]

A Microsoft está aposentando o DirectAccess por diversas razões, principalmente devido à evolução das tecnologias de acesso remoto e à necessidade de soluções mais seguras e flexíveis. Vamos analisar os principais motivos:

1. Segurança Aprimorada:

  • O DirectAccess utiliza protocolos VPN mais antigos (IKEv1 e SSL/TLS), considerados menos seguros do que os protocolos modernos presentes no Always On VPN (IKEv2 e SSTP).
  • O Always On VPN oferece suporte nativo à autenticação multifator (MFA), uma camada adicional de segurança crucial para proteger o acesso remoto.

2. Maior Flexibilidade:

  • O DirectAccess funciona apenas com dispositivos Windows e requer que os clientes sejam membros do domínio.
  • O Always On VPN é compatível com uma gama mais ampla de plataformas, incluindo Windows, macOS, iOS, Android e Linux, e funciona com dispositivos dentro e fora do domínio.

3. Suporte Contínuo:

  • O DirectAccess não está mais em desenvolvimento ativo, o que significa que não receberá novas atualizações de segurança ou recursos.
  • O Always On VPN é uma solução em constante evolução, com novos recursos e melhorias de segurança sendo lançados regularmente.

4. Melhorias na Experiência do Usuário:

  • O Always On VPN oferece uma experiência de conexão mais rápida e confiável do que o DirectAccess, com melhor gerenciamento de largura de banda e menor latência.
  • O Always On VPN permite maior controle granular sobre o acesso à rede, permitindo que os administradores definam quais aplicativos e serviços podem ser acessados remotamente.

5. Simplificação da Gerenciamento:

  • O Always On VPN é mais fácil de gerenciar e configurar do que o DirectAccess, utilizando ferramentas e tecnologias de gerenciamento modernas como o Windows PowerShell e o Microsoft Intune.

Em resumo, a Microsoft aposentou o DirectAccess para oferecer uma solução de acesso remoto mais moderna, segura, flexível e fácil de gerenciar. O Always On VPN garante que as empresas estejam preparadas para o futuro do acesso remoto, com melhor proteção, controle e experiência do usuário.

Always On VPN: a alternativa moderna e segura:

Microsoft aposenta DirectAccess e recomenda Always On VPN para acesso remoto seguro

O Always On VPN, sucessor do DirectAccess, foi introduzido no Windows Server 2016 e Windows 10, e está presente em versões subsequentes. Oferece diversas vantagens, como:

  • Segurança aprimorada: Suporta protocolos VPN modernos como IKEv2 e SSTP, além da autenticação multifator (MFA) para maior proteção.
  • Maior controle: Permite aos administradores definir quais aplicativos e serviços podem usar a conexão VPN.
  • Flexibilidade: Funciona com dispositivos dentro e fora do domínio, oferecendo mais opções de acesso.

Migração para o Always On VPN: um processo bem tranquilo

A Microsoft recomenda que as empresas migrem para o Always On VPN o mais rápido possível para evitar interrupções e garantir a segurança contínua. Um guia oficial de migração detalhado está disponível na própria plataforma de aprendizado “Learn” da microsoft, fornecendo instruções passo a passo, incluindo:

  • Emissão de certificados para clientes.
  • Scripts do PowerShell para configurar a VPN.
  • Gerenciamento com o Intune.
  • Monitoramento de problemas.

Após a migração:

Microsoft aposenta DirectAccess e recomenda Always On VPN para acesso remoto seguro
Créditos: Barry Bros Security
[-CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE-]

Após concluir a migração para o Always On VPN, é necessário remover a função do servidor DirectAccess no Gerenciador de Servidor, atualizar os registros DNS e desativar o servidor do Active Directory.

A aposentadoria do DirectAccess marca o fim de uma era para o acesso remoto no Windows. O Always On VPN surge como a solução moderna e segura, oferecendo maior proteção, controle e flexibilidade para as empresas. A migração para o Always On VPN garante que as empresas estejam preparadas para o futuro do acesso remoto.

Recomendações:

  • Leia o guia oficial de migração da Microsoft para o Always On VPN.
  • Comece a planejar e implementar sua migração para o Always On VPN o mais rápido possível.
  • Entre em contato com um parceiro da Microsoft para obter ajuda na migração para o Always On VPN.

Ao seguir estas etapas, as empresas podem garantir uma migração tranquila e desfrutar dos benefícios de uma solução de acesso remoto moderna e segura.