Vídeo mostra o espetacular bote da cobra caninana

Fonte: CenarioMT

Essa espécie é ovípara, põe em media cerca de 15 ovos em locais escondidos da terra, sendo que quase todos nascem. Além disso por possuir uma caráter solitário ela não choca os ovos, apenas os põe e sai de perto, e geralmente põe seus ovos em períodos chuvosos.
Essa espécie é ovípara, põe em media cerca de 15 ovos em locais escondidos da terra, sendo que quase todos nascem. Além disso por possuir uma caráter solitário ela não choca os ovos, apenas os põe e sai de perto, e geralmente põe seus ovos em períodos chuvosos.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o espetacular bote da cobra caninana. Confira abaixo.

Considerada uma das cobras mais bonitas da fauna brasileira, a cobra caninana recebe o título de serpente agressiva, pois a menor sensação de perigo, a caninana ataca. Trata-se na verdade um sistema de defesa e tentar intimidar possíveis predadores, tendo em vista que a caninana não possui peçonha, ou seja, veneno.

No vídeo abaixo, é possível perceber bem esse comportamento raivoso da caninana. Ela tenta atacar um cachorro. Não satisfeita, ainda corre em direção ao trator onde um trabalhador está.

Saiba mais sobre a caninana

Endêmica da América do Sul, a cobra caninana (Spilotes pullatus) é uma serpente não peçonhenta (venenosa) e pode chegar a atingir até 2,5 metro de comprimento.

[Continua depois da Publicidade]

É conhecida por ser uma cobra ágil e muito brava, podendo até correr atrás das pessoas, por isso a fama de ser agressiva. Nada mais do um blefe para não ser predada por outros animais.

Trata-se de uma cobra que costuma ficar em árvores, mas também rasteja pelo solo a procura de alimentos. Gosta de predar, geralmente, pequenos roedores e até mesmo outras espécies de cobras.

Características da caninana

A cobra caninana se difere das demais cobras não peçonhentas, como a jiboia, por exemplo, pela sua cor amarelada e manchas pretas. Sendo um réptil apreciado por fotógrafos e amantes da natureza.

Possui uma dentição áglifa, que não possui presas inoculadoras de veneno, o que faz dessa espécie não peçonhenta. Ela também possui um caráter solitário, ou seja, é bem improvável que se encontre um ninho de serpente dessa espécie.

A caninana bota até 15 ovos por cria. Geralmente aproveitam buracos na terra para colocar os ovos.

Se você gosto deste post: Vídeo mostra o espetacular bote da cobra caninana  – vai gostar também de ler esta notícia: Caramelo com dupla personalidade; Pepita a cadela ama e odeia carinho ao mesmo tempo

Siga-nos no Facebook Twitter para se manter informado com as notícias de hoje!

Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.