Incrível! Registro inédito mostra gavião-real na Mata Atlântica

Há muitos anos não havia registros de gavião-real, também conhecido pelo nome de harpia, na Mata Atlântica, em Minas Gerais

Fonte: CenarioMT

Há muitos anos não havia registros de gavião-real, também conhecido pelo nome de harpia, na Mata Atlântica, em Minas Gerais
Há muitos anos não havia registros de gavião-real, também conhecido pelo nome de harpia, na Mata Atlântica, em Minas Gerais. Foto: Oswaldo Rezende.

Um registro inédito publicado recentemente no portal O Eco, mostra imagens de um gavião-real, também conhecido pelo nome de harpia.

O incrível registro foi feito pelo Engenheiro Agrônomo Oswaldo Rezende, na Mata Atlântica do município de Almenara, noroeste do estado de Minas Gerais (MG). O flagrante foi feito no dia 25 de junho.

Rezende é observador de pássaros e teve o privilégio de capturar imagens da maior ave de rapina no Brasil. Outro fato que deixou o registro ainda mais valioso é que, de acordo com o portal O Eco, há pelo menos um século não era confirmada a presença de harpias na Mata Atlântica mineira.

Ao todo, ele fez 86 cliques até que a ave voasse para fora de vista – “ia fazer um vídeo, mas não deu tempo” –, mas foi suficiente. E assim que ele publicou suas fotos na plataforma Wikiaves, a reação foi imediata. “Foi um registro extraordinário aqui para Minas Gerais, ainda mais porque conseguimos uma boa foto”, conta o engenheiro em conversa com ((o))eco.

[Continua depois da Publicidade]

Ainda de acordo com O Eco, as fotos do observador de pássaros guardam uma informação ainda mais extraordinária: a harpia fotografada muito provavelmente não está sozinha, como esclarece o biólogo Everton Miranda, especialista ouvido por ((o))eco. Há um ninho, com um filhote recém-chocado e, naturalmente, um parceiro.

“O peito está tingido de marrom, isso indica que é um bicho que estava chocando durante a última chuva. É o tanino das folhas que deixa o peito assim amarronzado, pelo contato com as folhas durante os 55 dias de choca”, explica Everton. “Tem ninho por ali, a menos de 10 quilômetros dessa localidade”, completa.

A harpia (Harpia harpyja), ocorre em áreas de floresta do México à Argentina. No Brasil, a maioria dos registros atuais está na Floresta Amazônica, mas a espécie ocorre até mesmo em enclaves florestais no Cerrado e no Pantanal.

Se você gosto deste post: Incrível! Registro inédito mostra gavião-real na Mata Atlântica   – vai gostar também de ler esta notícia: Vídeo mostra o espetacular bote da cobra caninana

Siga-nos no Facebook Twitter para se manter informado com as notícias de hoje!

Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.