Primo de Deputado morre atropelado em Tangará da Serra

O jovem era primo em segundo grau do Deputado Estadual, Elizeu Nascimento, que nas redes sociais, lamentou a morte prematura do ente.

Fonte: CenarioMT

whatsapp-image-2024-05-14-at-220840
Trágico acidente entre carro e moto mata jovem de 24 anos em Tangará - Foto Tangara em foco

Acidente de trânsito tirou a vida de um jovem motociclista na Rua 05 do Jardim Europa, em Tangará da Serra (MT). A vítima, Henrique Felipe de Oliveira, de 24 anos, foi atropelada por um veículo Fiat Pálio enquanto descia de sua motocicleta para realizar uma entrega.

Primo de Deputado morre atropelado em Tangará da Serra

Segundo informações da Polícia Civil, o condutor do Fiat Pálio, um homem de 35 anos, apresentava sinais visíveis de embriaguez no local do acidente.

O teste de alcoolemia realizado constatou a presença de 1,01 mg/l de álcool em seu sangue, acima do limite legal de 0,08 mg/l. Diante das evidências, o motorista foi preso em flagrante por crime de trânsito com vítima fatal.

[Continua depois da Publicidade]

Testemunhas relataram que a vítima havia estacionado sua motocicleta em frente à residência onde realizaria a entrega e, ao descer do veículo, foi colhida pelo Fiat Pálio, que seguia em alta velocidade no sentido centro/bairro pela Rua 05.

O impacto da colisão foi violento, lançando a vítima a vários metros de distância e causando sua morte instantânea.

Henrique Felipe de Oliveira era conhecido na região por trabalhar como entregador de lanches e era considerado um profissional dedicado e querido por todos. Sua morte prematura deixa um vazio imenso na vida de familiares e amigos.

O caso segue sob investigação da Polícia Civil, que busca esclarecer todos os detalhes do acidente e determinar as responsabilidades do condutor do Fiat Pálio.

O jovem era primo em segundo grau do Deputado Estadual, Elizeu Nascimento, que nas redes sociais, lamentou a morte prematura do ente.

“Com muita tristeza que comunico o falecimento do meu primo em segundo grau Henrique Oliveira, que teve sua vida ceifada prematuramente por atropelamento quando trabalhava motoboy delivery na cidade de Tangará da Serra”, lamentou o parlamentar.

A negligência e a imprudência no trânsito, como a embriaguez ao volante, continuam sendo as principais causas de acidentes fatais, ceifando vidas e deixando famílias em luto.