Preso homem que matou e arrastou corpo de mulher acorrentado por várias quadras em Sinop

O criminoso arrastou o corpo da vítima por aproximadamente três quadras até a rua das Orquídeas, nos fundos do Parque Florestal, onde foi encontrado em uma vala na noite do mesmo dia.

Fonte: CenarioMT

Preso homem que matou e arrastou corpo de mulher acorrentado por várias quadras em Sinop
Foto: reprodução (Portal News MT)

Já está preso o homem de 32 anos que matou e arrastou o corpo de Bruna de Oliveira (24 anos), na madrugada desse domingo (02) em Sinop. O criminoso usou uma corrente e prendeu no pescoço da vítima, usando um cadeado.

Em seguida, montado em uma motocicleta, o homem arrastou o corpo da mulher por cerca de três quadras até abandonar em uma vala (região de mata).

O homem fugiu para a cidade de Nova Maringá (MT) onde foi preso em flagrante pela Polícia Judiciária Civil, de São José do Rio Claro.

Responsável pela operação de captura do investigado, o delegado Rafael Guerra ressaltou que as imagens de uma câmera de segurança de uma residência vizinha ao conjunto de quitinetes, onde o homem assassinou Bruna, “deixou bem claro a brutalidade do crime. Foi um trabalho de excelência feito pela Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso em dar uma resposta rápida a família da vítima”, descreveu.

O autor do crime deve ser recambiado para o município de Sinop, onde prestará depoimento e ficará à disposição da justiça.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Após arrastar e tentar esconder o corpo de Bruna, o homem voltou a quitinete e tentou lavar o local, porém, ficaram muito sinais da violência no local.

Durante o dia de domingo, o homem fretou um caminhão e retirou sua mudança, antes de fugir para a cidade de Nova Maringá, onde foi preso.

Polícia Civil investiga o  crime ocorrido na madrugada de domingo no bairro Primaveras; suspeito está foragido.

O CRIME

Na madrugada deste domingo (02), um brutal feminicídio foi registrado no bairro Primaveras, em Sinop. Bruna de Oliveira, 24 anos, foi assassinada em uma quitinete na rua dos Biris por um homem ainda não identificado.

O criminoso arrastou o corpo da vítima por aproximadamente três quadras até a rua das Orquídeas, nos fundos do Parque Florestal, onde foi encontrado em uma vala na noite do mesmo dia.

Câmeras de segurança registraram o momento em que, por volta das 4h55, o suspeito deixou o conjunto de quitinetes em uma moto, arrastando o corpo de Bruna com uma corrente, possivelmente já sem vida.

A jovem apresentava ferimentos causados por arma branca. “O crime é particularmente bárbaro devido ao arrastamento. Houve um esgorjamento por arma branca, depois ele colocou uma corrente no pescoço dela e a arrastou por três quadras, desovando o corpo na área da reserva florestal,” destacou o perito André Fúrio.

A motivação do crime ainda está sendo investigada. O corpo de Bruna de Oliveira foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Sinop, onde passou por exames de necropsia e identificação oficial.

Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.