Médico, enfermeira e técnico são os primeiros profissionais a receber a vacina contra Covid-19 em Lucas do Rio Verde

Três profissionais foram os primeiros vacinados contra a doença na cidade

Fonte: CENÁRIO MT/Assessoria

img 4393
Foto: Ascom Prefeitura/Luiz Henrique Fernandes
pref lrv 2 2
Foto: Ascom Prefeitura/Luiz Henrique Fernandes
A Prefeitura de Lucas do Rio Verde deu início nesta quinta-feira (21) à campanha de vacinação contra a Covid-19, com a aplicação das primeiras doses do imunizante Coronavac. A solenidade de início da vacinação foi realizada o auditório do Paço Municipal e contou com três profissionais de saúde, atuantes na linha de frente no combate ao novo Coronavírus.

O médico Nelson Hasegawa Junior foi a primeira pessoa vacinada contra a doença na cidade.

img 7339
Foto: Ascom Prefeitura/Luiz Henrique Fernandes

“O sentimento é de alívio, saber que estou imunizado, e espero que isso incentive outras pessoas a tomar vacina, que não tenham medo da vacina. Mas os cuidados vão ter que sempre existir, independentemente de estar imunizado ou não. A vacina vai ajudar todo mundo a não ter a forma grave da doença.”

 

Durante o evento também receberam a vacina a enfermeira Cíntia Primon e o técnico de enfermagem Osmar da Silva, servidores municipais da Secretaria de Saúde.

img 7345
Foto: Ascom Prefeitura/Luiz Henrique Fernandes

“Essa dose de vacina aplicada hoje é uma dose de esperança. O ano que passou não foi um ano fácil, foram alegrias, tristezas, temores, que passamos e enfrentamos a cada dia. Hoje recebo a dose de um mundo novo, de uma nova vida, que talvez não seja um novo normal, mais sim uma nova rotina com mais tranquilidade para seguir em frente”, comentou Cíntia.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O lote de 480 vacinas enviado pelo Estado, através da Regional de Sinop, chegou à Rede de Frios do município por volta das 8h30 e foram imediatamente encaminhados para armazenamento.

“É um momento muito importante e essa vacinação representa muito mais confiança, segurança e tranquilidade aos profissionais de saúde que estão à frente no combate à pandemia. E a gente torce para que em breve venham novos lotes para que outras categorias comecem a ser imunizadas”, celebrou o prefeito Miguel Vaz, que evidenciou a preocupação da gestão quanto ao aumento nos índices e a taxa de ocupação das UTIs acima de 70% nos últimos dias.

O vice-prefeito Marcio Pandolfi pontuou que “a ciência mais uma vez mostra seu valor e conseguiremos fazer o enfrentamento à esta doença, mas enquanto não imunizarmos pelo menos 80% da população os cuidados têm que continuar, uso de máscara, álcool em gel, distanciamento social, ou seja, os cuidados permanecem e aos poucos todos realizaremos o sonho da cura dessa pandemia”.

Durante a tarde, profissionais de saúde que atuam na linha de frente começaram a ser vacinados em seus locais de trabalho.

img 4403
Foto: Ascom Prefeitura/Luiz Henrique Fernandes

“O sentimento é de gratidão pelo avanço da ciência em chegar a uma vacina que, apesar de não prometer diminuir a transmissão e nem cura da doença, promete ao menos uma diminuição dos casos graves e isso já é muito importante. Sabemos que o quantitativo de doses não atende toda nossa demanda, mas já é o início. Começamos pelos profissionais da linha de frente e seguiremos vacinando conforme as diretrizes do Ministério da Saúde”, esclareceu a secretária de Saúde, Fernanda Heldt Ventura.

Paciente de 63 anos é a 78ª vítima de Covid-19 em Lucas do Rio Verde