Mato Grosso se destaca como principal destino para observação de aves no Brasil

Fonte: CENÁRIOMT

Mato Grosso se destaca como principal destino para observação de aves no Brasil
Mato Grosso se destaca como principal destino para observação de aves no Brasil Foto: Geancarlo Merighi/Foto

Mato Grosso, lar do Pantanal, da Amazônia e do Cerrado, destaca-se como um dos principais destinos para observação de aves no Brasil, possuindo 50,11% das 1.808 espécies catalogadas pelo eBird no país. Esse banco de dados global de observações de aves fornece dados em tempo real sobre a distribuição e abundância de aves, atraindo cientistas, pesquisadores e naturalistas amadores. Tal biodiversidade transforma o estado em um polo de Turismo de Observação de Vida Silvestre (TOVS), cativando turistas nacionais e internacionais ávidos por fotografar e catalogar aves silvestres.

De 17 a 19 de maio, Mato Grosso marcou presença com um estande no Encontro Brasileiro de Observação de Aves 2024 (Avistar), realizado no campus da Universidade de São Paulo (USP). Durante o evento, o estado demonstrou aos pesquisadores, turistas e entusiastas do ecoturismo que é o destino ideal para o avistamento da vida selvagem.

O Pantanal é especialmente aclamado entre observadores de aves e amantes da fauna e flora selvagem. Em uma estratégia para aumentar a atratividade entre turistas internacionais, Mato Grosso participará pela primeira vez da Global BirdFair, que acontecerá de 12 a 14 de julho, em Rutland, na Inglaterra.

“Vamos melhorar, vamos subir ao ambiente de negócios, vamos levar o Brasil e mostrar a esse turista internacional de observação de aves que o Pantanal, o Brasil, está na briga com a Colômbia e outros destinos da América do Sul,” afirmou Felipe Wellaton, secretário adjunto de Turismo, durante um painel sobre os casos de sucesso no turismo de observação de aves.

Outro esforço significativo para promover a vida selvagem do estado foi o investimento no documentário “A Marcha das Onças,” dirigido por Lawrence Wahba e Mike Bueno, com roteiro e supervisão editorial do cineasta francês Emmanuel Priou, vencedor do Oscar por “Marcha dos Pinguins.” Durante o Avistar 2024, Wellaton apresentou um trailer do documentário, enfatizando a projeção global que o filme trará ao Pantanal.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Toda a estruturação do turismo feita por empresários em conjunto com o poder público, baseada na organização, qualificação e promoção, é fundamental para o setor,” declarou Wellaton. “Quero agradecer a todo esse setor produtivo que retira a visão de que o turismo é apenas lazer e ócio, elitizando o significado desta importante cadeia econômica. O turismo significa emprego, renda e transformação das cidades. A maioria das cidades do Mato Grosso tem menos de dez mil habitantes, e a forma de transformá-las é por meio do turismo.”

A participação de Mato Grosso em eventos internacionais e a promoção de seus recursos naturais e documentários refletem um compromisso contínuo com o desenvolvimento do turismo sustentável e a preservação da biodiversidade. Com tais iniciativas, o estado não só consolida sua posição como destino de observação de aves, mas também impulsiona a economia local e promove o desenvolvimento das pequenas comunidades.

Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso. Já trabalhou em Rádio Jornal (site e redação).