Mato Grosso alcança 11º lugar no índice de crianças alfabetizadas na idade certa

Fonte: CENÁRIOMT

Mato Grosso alcança 11º lugar no índice de crianças alfabetizadas na idade certa
Mato Grosso alcança 11º lugar no índice de crianças alfabetizadas na idade certa

O Ministério da Educação anunciou nesta tarde que Mato Grosso agora ocupa o 11º lugar no Índice de Crianças Alfabetizadas na Idade Certa. Anteriormente em 20º lugar, o estado apresentou o terceiro maior avanço entre todos os estados e o Distrito Federal, aumentando de 22% de crianças alfabetizadas na idade certa em 2021 para 55% em 2023, superando a meta de 52% estipulada pela Secretaria Estadual de Educação de Mato Grosso.

“Nossos robustos investimentos na Educação têm sido cruciais para essas conquistas. São escolas novas e reformadas, material didático de ponta, notebooks, chromebooks, TVs Smart, intercâmbio, premiação a alunos e professores, e várias outras iniciativas que estão impulsionando o avanço da educação pública em Mato Grosso”, destacou o governador Mauro Mendes.

O Índice de Criança Alfabetizada foi calculado a partir dos dados nacionais apurados pelas avaliações aplicadas pelos estados em 2023. As metas foram alinhadas pelo Ministério da Educação para garantir o direito à alfabetização a todas as crianças, em um esforço colaborativo entre União, estados, Distrito Federal e municípios.

O secretário de Educação, Alan Porto, que esteve presente no evento em Brasília, atribuiu o bom desempenho ao Plano EducAção 10 Anos, que visa posicionar a rede estadual de ensino entre as cinco melhores do país até 2032. “A alfabetização é um compromisso de Mato Grosso, pois ler e escrever são habilidades cruciais para as crianças. Com ensino de qualidade e colaboração com os municípios, estamos promovendo um crescimento educacional significativo”, afirmou Porto.

O programa Alfabetiza MT, lançado em julho de 2021, foi fundamental para recuperar a alfabetização no pós-pandemia. Professores puderam trabalhar focados nas dificuldades dos estudantes, resultando em melhorias significativas. Em 2022, o programa alcançou todos os municípios do estado, beneficiando mais de 25 mil profissionais e 233 mil estudantes e professores do 1º e 2º anos com material didático complementar.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Além disso, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) implementou componentes de comunicação, engajamento e fortalecimento da gestão municipal escolar, promovendo seminários de boas práticas em cada município e nas 13 Diretorias Regionais de Educação (DREs). Mais de R$ 10 milhões foram investidos em bolsas de incentivo para equipes regionais e municipais, além da premiação e apoio a 400 escolas por meio do Prêmio Alfabetiza MT, que investe anualmente R$ 8,2 milhões e está na sua terceira edição em 2024.

As metas da Seduc para a alfabetização nos próximos anos são ambiciosas: 57% em 2024 e, nos anos subsequentes até 2030, 61%, 66%, 70%, 73%, 77% e 80%. “Com esses objetivos, continuamos comprometidos em proporcionar uma educação de qualidade e uma alfabetização eficaz para todas as crianças de Mato Grosso”, concluiu o governador Mauro Mendes.

Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso. Já trabalhou em Rádio Jornal (site e redação).