Queda de temperatura modifica hábitos de luverdenses

Quarta-feira (15) iniciou com clima ameno e céu nublado

Fonte: CenárioMT

WhatsApp Image 2024 05 15 at 06.58.22

Acostumados com temperatura na faixa de 25 graus no início do dia, moradores de Lucas do Rio Verde tiveram que tirar os casacos do armário nesta quarta-feira (15). O dia amanheceu dublado, vento frio e com 18 graus de temperatura.

E a previsão para os próximos dias é de clima ameno. Segundo o site Climatempo, as temperaturas devem oscilar entre 19 e 35 graus ao longo de 15 dias.

Essa queda nos termômetros traz consigo mudanças de comportamento e a necessidade de cuidados especiais, especialmente para crianças e idosos.

Com a queda na temperatura é natural que as pessoas modifiquem seus hábitos diários. As roupas mais pesadas saem dos armários, os ambientes internos são aquecidos e as atividades ao ar livre são reduzidas. No entanto, além dessas adaptações, é fundamental estar atento a algumas precauções para garantir o bem-estar de todos, especialmente dos grupos mais vulneráveis.

[Continua depois da Publicidade]

Para as crianças, é essencial manter uma rotina de agasalho adequado. Além disso, é importante evitar exposição prolongada ao ar livre, principalmente durante as horas mais frias do dia. Em ambientes fechados, é recomendado manter uma temperatura amena e arejada, evitando o uso excessivo de aquecedores, que podem ressecar o ambiente e causar desconforto respiratório.

Já para os idosos, que são mais susceptíveis às mudanças bruscas de temperatura, os cuidados devem ser redobrados. Além de manter-se bem agasalhados, é fundamental garantir uma alimentação balanceada e a ingestão adequada de líquidos, mesmo nos dias mais frios. A prática de atividades físicas leves e a manutenção de uma rotina de sono regular também contribuem para a manutenção da saúde e do bem-estar nessa faixa etária.

Outro ponto importante a ser destacado é a prevenção de doenças respiratórias, que tendem a aumentar durante os períodos de clima mais ameno. Nesse sentido, é fundamental evitar ambientes fechados e aglomerados, manter uma boa higiene das mãos e, caso necessário, buscar a vacinação contra a gripe, que é especialmente recomendada para os grupos de risco.

É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.