Presidente da Acilve analisa crescimento do comércio de Lucas do Rio Verde

Dados divulgados nesta segunda-feira (16) mostram crescimento de 36% em 2022

Fonte: CenárioMT

pref lrv 3

Foram divulgados nesta segunda-feira (16) dados que mostram o crescimento do comércio de Lucas do Rio Verde em 2022. Ao longo do ano passando foram constituídas 2.757 novas empresas, elevando para 10.374 o número de empresas atuando no município.

O crescimento de 36% foi analisado pela Associação Comercial e Empresarial de Lucas do Rio Verde. O presidente Vilson Gonzales Kirst observou que esses dados refletem a força da economia local, apesar de o município ser ainda bastante jovem e ter grande potencial de expansão.

Lucas do Rio Verde abraça essas novas empresas. Essas empresas fazem pesquisa de mercado pra depois se instalar no município. Isso é bom para todos nós, para a economia do município, para a geração de empregos, o comércio de modo geral, para o agronegócio. Só temos a ganhar com isso”, declarou.

Os segmentos de vestuários e acessórios, transporte rodoviário de cargas, obras de alvenaria, promoções de vendas, entre outros, representam maior volume de novos negócios.

Os dados disponibilizados representam crescimento contínuo de empresas de todos os portes. Porém as empresas classificadas como MEI’s teve melhor desempenho, fechando o ano com crescimento de 52,17% em relação a 2021.

Empregos

A abertura de empresas tem reflexo direto na oferta de empregos. Levantamentos periódicos apontam que Lucas do Rio Verde tem se destacado entre os municípios de seu porte (entre 60 mil a 80 mil habitantes) no país. O município tem ficado entre os que mais geram empregos com carteira assinada.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Os meses em destaque de maior admissão de trabalhadores formais conforme os dados do CAGED foram janeiro, maio, junho e julho e os segmentos em destaque para admissão destes trabalhadores foram: indústria de alimentos, serviços, construção civil e agropecuária.

No decorrer do ano de 2022, registrou-se 1.706 vagas preenchidas e o número total de empregos formais no ano de 2022 registrou-se em 29.038.

“Um número muito expressivo, chama a atenção mesmo, foram os empregos informais”, observou o presidente, estimando que os empregos temporários ou sem o registro em carteira somam outros 10 mil.

Qualificação

A Acilve orienta as empresas e comércios locais a incentivarem seus colaboradores a buscarem qualificação e aperfeiçoamento profissional. O próprio trabalhador ganha com essa busca e o serviço prestado pela empresa melhora em avaliação junto ao consumidor.

“Precisamos que as pessoas se qualifiquem, cresçam profissionalmente”, ressalta Kirst, lembrando que além da valorização pessoal, a qualificação pode refletir na melhoria salarial.

O presidente da Associação Comercial lembra que o município em parceria com o Senai, oferecem cursos gratuitos. As inscrições iniciaram esta semana.

“É uma oportunidade. As pessoas podem trabalhar durante o dia e a noite faz seu curso de qualificação. São cursos com que têm duração diferentes dependendo da escolha. Existem oportunidades em Lucas, grandes oportunidades. Quem se preparar um pouco mais tem muito mais sucesso”, enfatizou.

É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.