23.8 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 06 dezembro, 2021
InícioMATO GROSSOLUCAS DO RIO VERDEPedágio e serviços na BR-163 geram repasse de mais de R$ 770...

Pedágio e serviços na BR-163 geram repasse de mais de R$ 770 mil para Lucas do Rio Verde

Por REDAÇÃO

Mais de R$ 13 milhões foram repassados pela Concessionária Rota do Oeste aos 19 municípios lindeiros à BR-163, em Mato Grosso, no primeiro semestre de 2021. O valor é referente ao Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) gerado pela arrecadação nas nove praças de pedágio e serviços contratados pela empresa, como obras de manutenção e atendimento aos usuários. Desde o início do contrato de concessão, a CRO destinou quase R$ 172 milhões às gestões municipais abrangidas pela rodovia.

No primeiro semestre deste ano, os municípios que mais receberam foram Rondonópolis (R$ 1,75 milhões), Sorriso (R$ 1,69 milhões) e Nova Mutum (R$ 1,22 milhões).

Lucas do Rio Verde recebeu o valor de R$ 771.977,00.  Os valores repassados às prefeituras podem ser investidos seguindo o critério de cada gestor.

O secretário de Fazenda de Sorriso, Sérgio Kocová, avalia que “o pagamento do imposto pela concessionária, dentro do que rege a lei, contribui para a realização de obras de infraestrutura, assim como para a manutenção de serviços à população, visto que entra na composição global do orçamento e pode ser utilizado nas mais diversas frentes, como educação, saúde, assistência social,  trânsito, segurança pública, sempre com o foco no bom atendimento ao cidadão”

Desde o início da pandemia de Covid-19, o aporte financeiro tem sido fundamental para o reforço e equilíbrio das contas públicas.  O diretor presidente da Rota do Oeste, Júlio Perdigão, pontua que esse repasse foi possível porque os setores de transporte e infraestrutura são considerados essenciais e assim se mantiveram durante o momento mais crítico da pandemia.

Como abrange justamente esses dois setores diretamente, a Rota do Oeste continuou desempenhando todas as suas atividades, possibilitando um apoio importante aos caminhoneiros, que também não pararam, e ainda incrementando a receita dos municípios.

Baixada Cuiabana – Os sete municípios situados na região central do trecho sob concessão contaram com o repasse de R$ 4 milhões. Entre os contemplados, Cuiabá ocupa o primeiro lugar em arrecadação com R$ 982 mil, seguido de Várzea Grande (R$ 786 mil) e Rosário Oeste (R$ 784 mil). 

Cálculo – O repasse de ISSO é feito mensamente às Prefeituras e considera dois cálculos distintos, um relacionado à arrecadação nas praças de pedágio e outro à contratação de serviços. No primeiro caso, o cálculo considera o montante recebido nas nove praças de pedágio ao longo da BR-163, a abrangência da rodovia em cada município e o percentual de ISS cobrado pela gestão. Já o ISS sobre o serviço de terceiros, o repasse considera o local onde as empresas realizam as atividades.

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Redes sociais

107,345FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,099SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

ACADEMIA BRASILEIRA ROTÁRIA DE LETRAS/MT
Integrante do Rotary Club de Lucas assume cadeira na ABROL/MT
dezembro 06, 2021
PODER LEGISLATIVO
Polêmico, projeto que reajusta salários de prefeito, vice e secretários é aprovado em Lucas do Rio Verde
dezembro 06, 2021
Lucas do Rio Verde
Praça dos Migrantes recebe público na abertura do Natal da Esperança
dezembro 06, 2021
Lucas do Rio Verde
Prova noturna marca a última etapa do Circuito 4 Estações de Corrida de Rua
dezembro 06, 2021