Manejo de cigarrinha-do-milho marca programação do segundo dia do Show Safra

A programação da feira tem um roteiro extenso, direcionado e completo para o produtor rural, profissionais que atendem ao agro, empresários, acadêmicos, pesquisadores e público em geral

Fonte: CenárioMT com Assessoria

palestra show safra manejo cigarrinha
Foto: Divulgação

A cultura do milho foi o tema principal das palestras técnicas do segundo dia do Show Safra 2023.  A programação da feira tem um roteiro extenso, direcionado e completo para o produtor rural, profissionais que atendem ao agro, empresários, acadêmicos, pesquisadores e público em geral.  A 10ª edição do Show Safra segue até o dia 24 de março, em Lucas do Rio Verde-MT.

O Fórum Mais Milho abriu a programação da manhã desta quarta-feira (22.03). Realizado pelo Canal Rural, o painel de discussões abordou o atual cenário e as perspectivas para o mercado do grão, dentro e fora do Brasil.

Na mesa redonda: “Desafios atuais e futuros na cultura do milho”, o pesquisador da Fundação Rio Verde, Fábio Pittelkow apresentou os principais resultados regionais dos trabalhos desenvolvidos nos laboratórios da Fundação.

[-Patrocinado-]

O manejo de cigarrinhas e percevejos no sistema da produção foi abordado pelo pesquisador Glauber Sturmer, que atua na área de entomologia da CCGL – Cooperativa Central Gaúcha Ltda.  O Engenheiro Agrônomo apresentou as percepções do Rio Grande do Sul sobre a cigarrinha-do-milho, os erros e acertos nas implementações no controle do inseto e assim evitar os danos causados ao agricultor na cultura de milho.

[Continua depois da Publicidade]

“É a realidade do Rio Grande do Sul em paralelo com a de Mato Grosso. Claro que aqui no Estado estamos falando de grandes áreas, com um foco maior no milho safrinha, então tem esse viés que precisa trazer alguns assuntos, mas sim, sem dúvida alguma o que a gente errou lá no Sul é passível aqui de ajustar e sair na frente no manejo mais assertivo da praga”, pontuou Glauber.

O Show Safra 2023 é realizado com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja-MT), BASF Brasil, das cooperativas de crédito Sicredi e Sicoob e bancos Bradesco e Original.

O parque da Fundação Rio Verde fica no KM 08 da MT-449, Rodovia da Mudança, em Lucas do Rio Verde – MT. O evento vai contar com dois acessos de entrada e saída para os visitantes. O principal será na frente do estacionamento. O segundo fica na lateral da MT-449.

É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.