27.9 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 15 maio, 2021
InícioMATO GROSSOIntegrantes de organização criminosa são presos com veículos de origem ilícita que...

Integrantes de organização criminosa são presos com veículos de origem ilícita que seriam trocados por drogas em MT

Por CENÁRIOMT

Três pessoas abordadas em posse de veículos de origem ilícita e com sinais de adulteração foram presas em flagrante, na quinta-feira (22.04), em ação conjunta da Polícia Civil, realizadas pelas equipes das Delegacia Regionais de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) e Tangará da Serra (239 km a Médio-Norte), e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Os veículos de alto valor de mercado, sendo um Honda HRV e Jeep Compass, foram abordados na BR 364, Km 200, em momentos distintos, sendo o primeiro conduzido por um homem e o segundo ocupado por duas mulheres e uma criança.

Em verificação preliminar foi constatado que os veículos são produtos de roubo/furto e estavam com sinais de adulteração no chassi e motor. No momento da abordagem, os suspeitos apresentaram documentos falsos dos respectivos veículos.

Questionada, a condutora do Jeep Compassa disse que buscou o veículo na Rodoviária do Rio de Janeiro (RJ), a pedido do marido (não localizado). Segundo as investigações, os dois veículos viajavam juntos, porém com uma pequena diferença de tempo para dificultar o trabalho de fiscalização policial.

Os trabalhos identificaram um quinto suspeito envolvido com o grupo criminoso, que está no Rio de Janeiro e que teria a função de adulteração dos veículos e falsificação dos documentos. Os três suspeitos flagrados com os veículos, na quarta-feira (22), tinham a função de trazer os carros para Mato Grosso, onde seriam trocados por drogas.

Uma das mulheres presas é esposa do suspeito responsável pela falsificação dos veículos e que está com o mandado de prisão em aberto pela Comarca de Tangará da Serra. Diante das evidências, os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Tangará da Serra onde foi lavrado o flagrante.

Os suspeitos responderão pelos crimes de receptação, adulteração de sinal identificador de veículo, falsificação de documento particular, uso de documento falso e organização criminosa. A criança que estava com os suspeitos foi entregue ao Conselho Tutelar de Rondonópolis.


Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

POLÍCIA
Morador de Lucas do Rio Verde cai em golpe e tem prejuízo de mais de R$ 25 mil
maio 14, 2021
SAÚDE
Lucas do Rio Verde é 2º na classificação regional e sobe para 41º no ranking estadual em vacinação contra Covid-19
maio 14, 2021