Homem atira 4 vezes contra ônibus após se recusar a usar máscara em Mato Grosso

Motorista, seguindo orientações para evitar a disseminação do novo coronavírus e cumprindo decretos municipais, não deixou o passageiro embarcar, momento que

0

Um passageiro, nome não revelado, do transporte público coletivo de Várzea Grande, é procurado pela polícia após cometer um atentado contra um ônibus no bairro 15 de Maio, no último domingo (12). Ele tentou embarcar no veículo sem usar máscara de proteção e foi impedido pelo motorista, quando atirou contra o ônibus.

De acordo com a ocorrência, o fato aconteceu em um ponto em frente a um supermercado do bairro. O motorista estacionou o veículo para que os passageiros pudessem descer ou subir.

Nesse momento, o condutor, conforme orientação de segurança contra a proliferação do novo coronavírus e determinação de decretos municipais, pediu para que o passageiro colocasse a máscara antes de embarcar. O homem teria se recusado, consequentemente, impedido de seguir no veículo.

Segundo testemunhas, o acusado foi para a traseira do ônibus, sacou a arma e começou a atirar. Foram pelo menos quatro disparos, mas nem todos acertaram o veículo. Posteriormente, foi verificado uma marca de tiro no vidro traseiro e outra na porta. Em seguida, o atirador fugiu e não foi mais encontrado. Ninguém se feriu.

A Polícia Militar (PM) foi acionada no local, escutou relato dos fatos do motorista e de testemunhas, que inclusive repassaram as características físicas do acusado e as roupas que estava usando, sendo camisa do flamengo, short de cor preta e com várias tatuagens pelos braços. Os militares saíram em ronda pela região, mas não encontraram o atirador.

O caso foi registrado e encaminhado à Polícia Civil, responsável por investigar o caso e buscar pelo paradeiro do acusado.

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (12/08/2020)


Amazonia 03 de Junho