30.2 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 17 setembro, 2021
InícioCENÁRIO AGROManifesto pró-ferrovia é entregue em mãos a ministro Tarcísio de Freitas que...

Manifesto pró-ferrovia é entregue em mãos a ministro Tarcísio de Freitas que declara: “não somos contra nenhuma ferrovia, todas são bem-vindas”

Há exato um mês, no dia 20 de julho, Pinheiro e Vuolo realizavam evento para anunciar a construção do manifesto pró-ferrovia
Por CenarioMT

O presidente do Fórum Pró-ferrovia e secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Francisco Vuolo entregou em mãos ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas nesta sexta-feira (20), manifesto em apoio à Lei Estadual 685/2021 – que regulamenta o Sistema Ferroviário no estado de Mato Grosso e também fortalece a luta pela implantação da infraestrutura ferroviária em Cuiabá por meio da extensão dos trilhos da ferrovia Senador Vuolo de Rondonópolis até a Capital e Lucas do Rio Verde. O prefeito de Cuiabá e presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico e Social do Vale do Rio Cuiabá, Emanuel Pinheiro é um dos signatários do documento, juntamente com os senadores Jayme Campos, Wellington Fagundes e Carlos Favaro, além do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto e demais autoridades políticas de Mato Grosso.

“São mais de 40 anos de luta para que a ferrovia do desenvolvimento chegue a Cuiabá, primeiro com o Senador Vuolo, que empresta seu nome para a ferrovia que já se encontra em Rondonópolis e depois com seu filho, Francisco Vuolo, que continua o legado de luta do pai para trazer os trilhos para Cuiabá. Como presidente do Consórcio e como prefeito de Cuiabá sou signatário do manifesto, porque acredito no potencial transformador do terminal ferroviário na nossa capital e sei que ele trará mais oportunidade de crescimento e qualidade de vida para nossa gente”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

O documento foi entregue ao ministro pelo presidente do Fórum Pró-ferrovia, Francisco Vuolo durante visita de Tarcísio a Cuiabá em evento de conclusão da duplicação da BR-163/364. “Comecei a rodar o Mato Grosso e a entender a logística. Conheci o potencial, é um Estado que merece logística. Tudo que que for feito ainda será pouco. Nós conseguimos um ambiente interessante, de união. Toda ferrovia que vem, seja por intermédio do Governo Federal, como vai ser o caso da Ferrovia de Integração Centro-Oeste [Fico] e a Ferrogrão, bem como a ferrovia do Estado, é bem-vinda”, declarou o ministro.

Há exato um mês, no dia 20 de julho, Pinheiro e Vuolo realizavam evento para anunciar a construção do manifesto pró-ferrovia. Representando o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro, Vuolo chegou a visitar o terminal ferroviário em Rondonópolis para conhecer as instalações a convite da concessionária Rumo Logística, juntamente com os prefeitos de Nova Mutum, Primavera do Leste e Lucas do Rio Verde, bem como do vice-prefeito de Rondonópolis.

“A nossa expectativa é de consolidar o edital estadual para que a extensão dos trilhos da ferrovia Senador Vuolo seja uma realidade, para que então possamos convidar o ministro em um futuro próximo para o lançamento do terminal em Cuiabá. Nosso desejo é para que tudo ocorra bem e que a PL e a Medida Provisória não atrase e inviabilize o cronograma já apresentado de 45 dias para assinatura do contrato pela Lei Estadual”, disse o presidente do Fórum, Francisco Vuolo.

Ainda durante o evento, deputados e senadores mencionaram em seus momentos de fala pública o grande avanço para o sistema de logística de Mato Grosso que o edital de regulamentação estadual do modal ferroviário vai trazer ao estado e para Cuiabá. Todos destacaram ao ministro a grande atuação da bancada em Brasília alinhadas ao Governo e pediram o apoio de Tarcísio e celeridade no que diz respeito a regulamentação ferroviária e concessão rodoviária.

“Nós fizemos um entendimento com o presidente da República, por meio do ministro Ciro Gomes, que vamos votar o PLN que autoriza o Governo Federal a fazer ferrovia por autorização e se em 15 dias isso não acontecer, será feita uma Medida Provisória que passa a ser lei, será permitido que os estados possam fazer, como é o caso de Mato Grosso, também através da sua legislação estadual, fazer autorização de ferrovias dentro do estado. O nosso acordo   é para que tudo que já foi feito já esteja legitimado e que não voltemos à estaca zero”, disse o senador por Mato Grosso, Wellington Fagundes.

O documento e a Lei Estadual

A extensão dos trilhos será executada via Lei Complementar 685/2021, aprovada por unanimidade na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), que regulamenta o Subsistema Ferroviário de Mato Grosso, regulamentada por Decreto Estadual 881/2021.

De acordo com edital publicado pelo Executivo Estadual, a previsão é que a obra seja iniciada em até seis meses após a emissão da licença ambiental de instalação e que o Terminal de Cuiabá seja concluído até o 2º semestre de 2025.

O manifesto pró-ferrovia conta com assinatura os senadores Jayme Campos, Carlos Fávaro e Wellington Fagundes. O deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Max Russi, presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná, presidente do Fórum Pró-Ferrovia – Cuiabá, Francisco Vuolo, Instituto de Engenharia de Mato Grosso, Federação Mato-grossense de Presidentes de Bairros (Femab), Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá (CDL), prefeito de Barão de Melgaço, Margareth Gonçalves da Silva, prefeito de Acorizal, Renancy Lemes, prefeito de Rosário Oeste, Alex Berto, prefeito de Nova Mutum, Leandro Felix, prefeito de Lucas do Rio Verde, Miguel Vaz, prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat e ainda a Associação dos Empresários do Distrito Industrial de Cuiabá.

© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!

Redes sociais

107,316FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,035SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Prefeitura de Lucas do Rio Verde publica novo decreto e atualiza medidas contra a Covid-19
setembro 17, 2021
CENSO
Prefeito diz que população de Lucas do Rio Verde é bem maior que a estimativa divulgada pelo IBGE
setembro 17, 2021
Vida Nova II
10 cadastros foram desclassificados nos últimos dias em Lucas do Rio Verde
setembro 17, 2021
Lucas do Rio Verde
Feirantes de Lucas do Rio Verde apresentam necessidades e Agricultura estuda parceria com Sebrae
setembro 17, 2021