18.4 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 13 junho, 2021
InícioMATO GROSSOCUIABÁDocumentário que reverencia trajetória de Mestre Ignácio estreia no Misc

Documentário que reverencia trajetória de Mestre Ignácio estreia no Misc

Por ANDRÉ GARCIA SANTANA

Autor de centenas de rasqueados, o músico Ignácio Constantino de Siqueira, Mestre Ignácio, marcou a história cuiabana ao consagrar o estilo como uma das principais representações de nossa cultura. Em reverência a seu legado, o documentário “Mestre Ignácio – Rasqueado do Baú” leva ao Museu da Imagem e do Som de Cuiabá (Misc), um compilado de registros do início do século XX, resgatando memórias importantes deste período. A estreia acontece na sexta-feira (23), às 20h.

Tendo como pano de fundo as tradicionais festas de santo, o projeto foi contemplado pelo edital da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo e será exibido também em diferentes paróquias da Capital. Outras 30 ações foram contempladas com recursos do Fundo Municipal de Cultura em 2017. “Os editais são anuais e abrangem sete setores, com propostas aprovadas no ano passado, pagas e realizadas este ano.”, explica o titular da Pasta, Francisco Vuolo.

De acordo com a pesquisadora e diretora da produção, Meire Pinheiro, até o início do século passado o rasqueado estava restrito às comunidades ribeirinhas, sendo incorporado a estas festividades a partir do trabalho do Mestre. “A cidade sempre teve um grande apelo religioso, que se mantém até hoje, especialmente no bairro Baú, por conta da Igreja do Rosário e São Benedito. À época, sob o ritmo do Mestre, também ganhou força o culto a Santa Cecília, venerada por seus pais”, diz.

Cuiabano, nascido em 1892, Mestre Ignácio tornou-se músico multi-instrumentista começando seu aprendizado pelo pé-de-bode (sanfona pequena, de 04 e 08 baixos). Passou ainda pelo clarinete, cavaquinho, trombone, trompete e baixo. No início da década de 20 criou a primeira banda civil de Cuiabá, a Lira Operária de Santa Cecília, e tocou nos mais importantes eventos da Capital, como comícios, festas religiosas, bailes e também na posse do governador Fernando Corrêa da Costa, em 1951.

Meire destaca a importância do músico no cenário político local, ao lembrar que ele chegou a ser presidente do subdiretório do partido União Democrática Nacional (UDN).  Assim, para além dos eventos políticos, mantinha contato com personalidades como o governador Garcia Neto. “Devido à sua influência, muitos candidatos o procuravam para pedir apoio. Estas são algumas partes da história que acabam ficando em segundo plano e nem todo mundo conhece”, explica.

Produzido em quatro meses, o documentário reúne imagens de museu e de acervo pessoal para delinear o cenário da Cuiabá antiga. A tarefa contou com auxílio da tecnologia e resulta em cenas que remontam, por exemplo, o cenário da Rua 13 de Junho, ainda no século XIX. “Nosso principal desafio foi reunir essas imagens, porque as pessoas quase não tinham fotografias naquela época. Com a família dele, por exemplo, havia uma única foto.”

Mestre Ignácio compôs ainda valsas, maxixes, chorinhos, marchas e rasqueados, sendo este último seu predileto. A sua banda, além dos ritmos já mencionados, executava também, jazz, blues, boleros, foxtrot. Algumas de suas obras são: “Recordando Sempre”, “Festa no Bandeira”, “Tanque do Baú” e “Pega Pra Capa”.

A exibição faz parte da programação do mês da Consciência Negra, promovida pela Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo. Alinhado à proposta, o Misc recebe até o dia 30 a exposição “Bença”, que reverencia o saber popular por meio do resgate de sabedorias antigas. No último sábado (17), o espaço foi palco para o 10º encontro do Ciranda de Crioula. Já na terça-feira (20), foi a vez do Museu do Rio sediar o festival Kwanza, com apresentações de dança, música, teatro e poesia.


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Estrutura esportiva de Lucas do Rio Verde é destaque durante competição de futsal
junho 12, 2021
COPA DO BRASIL DE FUTSAL
Equilibrado, confronto entre G.Santos x Juventude é decidido nos últimos segundos da prorrogação
junho 12, 2021