Condutores elogiam barreira sanitária nas estradas de Cuiabá

Motoristas e passageiros passam por triagem feitas por profissionais de saúde

0
Luiz Alves

 

Os condutores que foram abordados nas barreiras sanitárias instaladas pela Secretaria Municipal de Saúde em quatro rodovias de Cuiabá aprovaram a medida adotada pela Prefeitura como forma de conter o avanço da pandemia de Covid-19. “Eu avalio como ótimo. Tem que ter. Onde esse ônibus passa, está tendo em São Simão, lá em Goiás, e aqui”, afirmou o motorista de ônibus rodoviário, Donizete Aparecido Macedo, que dirige um ônibus que leva pessoas de Porto Velho (RO) para São Paulo (SP) e vice-versa.

Ele conta que já teve a Covid-19, mas foi assintomático e só descobriu nesta semana, quando fez um teste. “Constou que eu tive Covid-19, mas não tenho mais. Eu não senti os sintomas, não senti nada. Estou com tosse agora, mas é tosse alérgica porque tenho sinusite e rinite, mas sobre a Covid-19, graças a Deus, eu não senti nada”.

Tanto Donizete quanto os passageiros do ônibus foram orientados pelas fiscais sanitárias sobre os cuidados que devem tomar durante a viagem, como lavar as mãos com água e sabão em todas as paradas, evitar ficar muito tempo dentro dos restaurantes na beira da estrada, trocar as máscaras e guardar as usada dentro de um saco plástico para ser lavado assim que possível, entre outras medidas de biossegurança. Todos eles tiveram a temperatura corporal aferida e ninguém apresentou febre.

Para a contadora Edir de Carvalho Machado, que passou pela barreira na MT-010 na manhã de quarta-feira (8), a estrutura é muito importante, pois representa um controle para identificar pessoas com sintomas e também sua procedência. “É importante para acompanhar porque ela está transitando, qual a necessidade. Eu acho que é o básico que tem que ser feito”.

A bombeira civil Samara, que mora em Campo Verde e trouxe o pai para realizar uma cirurgia eletiva em Cuiabá, elogiou a higienização dos pneus feita pela equipe da Vigilância Sanitária na rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251). “A barreira sanitária é muito importante justo para gente que está vindo de outra cidade estar higienizando para entrar na outra cidade também”.

O motorista Marcelino Dias, que trabalha trazendo pacientes de Rosário Oeste para fazer hemodiálise em Cuiabá destacou o papel preventivo das barreiras sanitárias. “Muito bom para prevenir. É bom prevenir”.

Já o produtor rural Moisés dos Santos ressaltou que a medida é “necessária nesse momento” e o técnico em edificações Marcos Paulo Alves de Lima classificou como útil. “Acho que todo esforço é necessário, bem-vindo, viável e é bom”, opinou.

As barreiras sanitárias ocorrerão até o próximo dia 14, das 8h às 12h e das 13h às 17h, na rodovia federal BR-163/363/070 (saída para Rondonópolis), na MT-040 (estrada para Santo Antônio do Leverger), na Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251, estrada para Chapada dos Guimarães) e na Rodovia Helder Cândia (MT-010, que liga Cuiabá ao Norte do estado).

 

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (08/08/2020)


Amazonia 03 de Junho