Umidade relativa do ar em alerta no Brasil

Áreas centrais do país seguem sem chuva e com calor atípico para época do ano. Frente fria começa avançar no Sul e chove à tarde na costa norte do país

Fonte: ClimaTempo

Dia nublado - previsão do tempo

Algumas nuvens carregadas crescem pela faixa litorânea do Nordeste e em parte da Região Norte.

Uma nova frente fria avança pelo litoral do Rio Grande do Sul, causando aumento da nebulosidade e pancadas de chuva em várias regiões do estado no decorrer do dia.

O ar quente predomina sobre o Brasil e a temperatura está acima do normal no centro-sul do país. Ontem, a maior temperatura no país foi de 38,8°C, em Cuiabá, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia.

Previsão do tempo para o Brasil para 04/08/2023 – sexta-feira

Região Sul

[Continua depois da Publicidade]

Uma nova frente fria chega ao litoral do Rio Grande do Sul e aumenta a nebulosidade sobre o estado. Há previsão de pancadas de chuva no centro, sul e leste do estado, mas com períodos de sol. Na Grande Porto Alegre a nebulosidade também aumenta e pode chover à noite. Uma massa de ar seco no restante do Sul do Brasil, deixando o tempo firme, com algumas nuvens, mas sem condições para chuva. A temperatura segue acima do normal para esta época do ano. Há risco de nevoeiro ao amanhecer no leste do Paraná e oeste do Rio Grande do Sul.

Região Sudeste

Uma grande massa de ar seco influencia a Região Sudeste e quase toda a Região fica ensolarada e sem condições para chuva. Por causa da entrada de umidade do mar no decorrer do dia, muitas nuvens se formam pelo leste e sul de São Paulo e no estado do Rio De Janeiro, mas o sol ainda aparece e não tem previsão de chuva. No centro, oeste e norte de São Paulo e no Triângulo Mineiro a umidade relativa do ar pode baixar para níveis entre 11% e 21% nas horas mais quentes do dia. O dia amanhece frio no Sudeste, mas a tarde é quente.

Região Centro-Oeste

Toda a Região Centro-Oeste tem mais um dia com sol forte, poucas nuvens e ar muito seco. Uma grande e forte massa de ar seco deixa a umidade do ar muito baixa e não há condições para chuva. Faz muito calor à tarde, com temperaturas entre 36°C e 39°C em Mato Grosso. A região sul de Mato Grosso (incluindo Cuiabá e Rondonópolis) e o norte de Mato Grosso do Sul devem ser as áreas mais secas do país e podem registrar níveis de umidade de emergência, abaixo de 12%. Ontem, a maior temperatura no país foi de 38,8°C, em Cuiabá, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia

Região Nordeste

O ar seco predomina também sobre o Nordeste e quase toda a Região continua com sol forte e sem chuva. Nuvens carregadas crescem pelo litoral e há previsão de pancadas de chuva desde a região de Salvador até o litoral do Ceará. Pancadas de chuva com raios ocorrem no litoral do Maranhão. Há condições para chuva também na Zona da Mata de Sergipe ao Rio Grande do Norte

Região Norte

Uma grande massa de ar seco atua sobre a Região Norte. Faz muito sol o dia todo no Tocantins, no Pará (exceto no norte e noroeste do estado), no sul do Amazonas, no Acre e em Rondônia. Algumas pancadas de chuva acontecem à tarde e à noite no litoral e noroeste do Pará, no Amapá, no Amazonas, em Roraima e na região de Porto Velho. Faz muito calor em toda a Região.

Alertas meteorológicos para 04/08/2023 – sexta-feira

Atenção para chuva moderada a forte nas capitais Macapá, Manaus e Boa Vista

[Continua depois da Publicidade]

Alerta para temporal na região no noroeste do Amazonas

Atenção para a chuva moderada a forte e raios no Amapá, no noroeste do Pará, no centro-oeste e norte do Amazonas e em Roraima.

Alerta especial para o ar extremamente seco, com níveis de umidade do ar abaixo de 12%, no sul de Mato Grosso e extremo norte de Mato Grosso do Sul.

Alerta para o ar muito seco, com níveis de umidade entre 12% e 20% em Goiás (exceto no norte e leste do estado), no centro e leste de Mato Grosso, em Mato Grosso do Sul (exceto no norte do estado), norte do Paraná, centro, oeste e norte de São Paulo e no Triângulo Mineiro.

Atenção para o ar seco com níveis de umidade entre 21% e 30% no centro, oeste e sul do Paraná, no centro-oeste de Santa Catarina, no centro-leste e sul de São Paulo (exceto no litoral), no interior do Rio de Janeiro, em Minas Gerais (exceto no Triângulo, no Vale do Rio Doce e no Vale do Jequitinhonha, no Distrito Federal, no norte e leste de Goiás, no norte e oeste de Mato Grosso, no leste, no centro-sul e leste de Rondônia, no sul e sudeste do Pará, no Tocantins, no centro e sul do Maranhão e do Piauí e no oeste da Bahia.

Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.