29.5 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 04 dezembro, 2020
Início CIDADANIA Benefícios que você poderá receber com o fim do auxílio emergencial de...

Benefícios que você poderá receber com o fim do auxílio emergencial de R$300

Por CenárioMT

O Governo Federal tem disponibilizado programas para reduzir o impacto financeiro causado pelo coronavírus.

Como todos já sabem, o auxílio emergencial realmente será pago até dezembro deste ano, conforme anunciado pelo presidente Jair Messias Bolsonaro. Com isso, os desamparados precisarão procurar outras formas de prover o próprio sustento e de sua família.

Contudo, diversos programas estão sendo disponibilizados pelo Governo Federal, justamente para reduzir o impacto financeiro causado pela pandemia.

Dessa forma, uma ferramenta utilizada para a implementação de programas assistenciais no Brasil é o Cadastro Único. Por meio do Cadastro Único, os municípios e estados possuem informações dos cidadãos, podendo assim conhecer a realidade socioeconômica de cada uma das regiões.

Com isso, os cidadãos podem ser incluídos, em pelo menos, 22 programas sociais.

Benefícios que você poderá receber com o fim do auxílio emergencial de R$300
Benefícios que você poderá receber com o fim do auxílio emergencial de R$300

Benefícios que você poderá receber com o fim do auxílio emergencial de R$300

Os programas sociais são:

  • Água para Todos
  • Benefício de Prestação Continuada (BPC)
  • Bolsa Estiagem
  • Aposentadoria para Pessoas de Baixa Renda
  • Bolsa Família
  • Carta Social
  • Bolsa Verde (Programa de Apoio à Conservação Ambiental)
  • Carteira do Idoso
  • ENEM
  • Crédito Instalação
  • Fomento às Atividades Produtivas Rurais/ Assistência Técnica e Extensão Rural
  • Isenção de Pagamento de Taxa de Inscrição em Concursos Públicos
  • Identidade Jovem (ID Jovem)
  • Programa Brasil Alfabetizado
  • Programa Minha Casa Minha Vida
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti)
  • Programa Nacional de Crédito Fundiário
  • Programas Cisterna
  • Programa Nacional de Reforma Agrária
  • Serviços Assistenciais
  • Telefone Popular
  • Tarifa Social de Energia Elétrica

O cadastro no CadÚnico

O principal requisito para realizar o cadastro é a renda familiar.

Portanto, somente podem realizar o cadastro aqueles que têm renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa ou 3 salários mínimos, no total, para a sobrevivência dos dependentes.

Para fazer o cadastramento, é necessário ir até ao Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

A pessoa deve ser maior de 16 anos e deverá apresentar documentos pessoais dos integrantes da família como certidão de nascimento, CPF, certidão de casamento, carteira de identidade (RG), Título de Eleitor ou carteira de trabalho.

Além disso, as famílias quilombolas ou indígenas podem apresentar a Carteira de Trabalho ou a Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI).



- Publicidade -

Últimas

Quatro pessoas são detidas em ação contra maus tratos a idosos

Policias civis de todas as unidades federativas prenderam, até as 10h desta sexta-feira (4) quatro pessoas, em meio à apuração de 1.656 denúncias no...

Sine Municipal de Cuiabá oferta 89 vagas de emprego

O Sine de Cuiabá oferece 89 vagas de emprego. As oportunidades são para todos os níveis de escolaridade. Uma das vagas é para técnico...

Libertadores: Conmebol divulga datas e horários das quartas de final

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou nesta sexta-feira (4) os dias e horários dos jogos de ida e volta pelas quartas de final da...

Cuiabá: veja o que irá funcionar no feriado municipal de Nossa Senhora da Conceição

Na próxima terça-feira (08), Dia de Nossa Senhora Imaculada da Conceição, é feriado em Cuiabá. A data, dedicada à padroeira da Capital, é considerada...
Publicidade
x