22.7 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 18 setembro, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICODIRETO DE BRASÍLIAComissão para fiscalizar fluxo migratório e situação de refugiados se reúne nesta...

Comissão para fiscalizar fluxo migratório e situação de refugiados se reúne nesta terça

Senador Telmário Mota (PROS-RR) tentou instalar a Comissão, no dia 31 de agosto, mas não teve quórum mínimo de parlamentares
Por CenárioMT com inf. Agência Senado

Após ser adiada no último dia 31 de agosto, o Congresso promove, nesta terça-feira (14), a instalação da Comissão Mista Permanente sobre Migrações Internacionais e Refugiados (CMMIR) e a eleição do seu presidente e vice-presidente. A reunião está prevista para às 14h30, na sala 7 da ala Alexandre Costa.

A primeira tentativa para o início dos trabalhos não teve quórum mínimo de parlamentares. A reunião chegou a ser aberta pelo senador Telmário Mota (Pros-RR), um dos integrantes da Comissão, e reagendada para esta terça-feira.


--Continua depois da publicidade--

A Comissão tem a missão de fiscalizar e monitorar, de modo contínuo, questões que tratam de movimentos migratórios nas fronteiras do Brasil e dos direitos dos refugiados. Com 12 senadores e 12 deputados como membros titulares, escolhidos pelo critério da proporcionalidade partidária, a CMMIR tem, ainda, como foco as políticas públicas de controle migratório e as causas e efeitos de fluxos migratórios internacionais para o Brasil. Confira a composição da CMMIR.

A quebra de patente de vacinas, a revalidação de diplomas e o acolhimento de estrangeiros estão entre os temas já tratados em audiências públicas pela Comissão, criada em 2019 pelo Ato Conjunto nº 1 de 2019 do Presidente do Senado Federal e do Presidente da Câmara dos Deputados.

 A lei 9.474/1997 estabelece que será reconhecido como refugiado no Brasil os indivíduos que se encontram fora de seu país de origem devido a temores de perseguição por questões de raça, religião, nacionalidade, pertencimento a um grupo social específico ou opinião política. Ou ainda devido a grave e generalizada violação de direitos humanos.

 Fluxo migratório


--Continua depois da publicidade--

Em debate, realizado em março de 2020, parlamentares e especialistas em migrações defenderam o fortalecimento da estrutura mantida pelo governo brasileiro para o acolhimento de estrangeiros que entram no país como refugiados. 

O Brasil registrou a entrada de quase 775 mil imigrantes, entre 2010 e 2018, segundo o Observatório das Migrações Internacionais do Ministério da Justiça. De acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), só da Venezuela o país recebeu mais de 550 mil pessoas — entre refugiados, solicitantes de refúgio e residentes temporários.

Segundo o Instituto Migrações e Direitos Humanos, organização filantrópica voltada ao atendimento jurídico e à integração social de migrantes, os municípios brasileiros estão despreparados para lidar com o aumento no fluxo de migrantes internacionais. 

Redes sociais

107,314FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,036SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Prefeitura de Lucas do Rio Verde publica novo decreto e atualiza medidas contra a Covid-19
setembro 17, 2021
CENSO
Prefeito diz que população de Lucas do Rio Verde é bem maior que a estimativa divulgada pelo IBGE
setembro 17, 2021
Vida Nova II
10 cadastros foram desclassificados nos últimos dias em Lucas do Rio Verde
setembro 17, 2021
Lucas do Rio Verde
Feirantes de Lucas do Rio Verde apresentam necessidades e Agricultura estuda parceria com Sebrae
setembro 17, 2021