SEMA inicia mutirão ambiental em Lucas do Rio Verde

Programação começou ontem à noite com palestra sobre o CAR Digital

Fonte: CenárioMT

WhatsApp Image 2024 05 21 at 08.26.53

Começou ontem (20) com uma palestra sobre o CAR Digital, o Mutirão Ambiental promovido pela SEMA (Secretaria de Estado de Meio Ambiente) em parceria com a Prefeitura de Lucas do Rio Verde e com apoio de outras instituições, como o Sindicato Rural e Aprosoja. Os atendimentos aos produtores iniciaram agora pela manhã na Unilasalle.

Ontem, durante a abertura, o vice-prefeito de Lucas do Rio Verde, Márcio Pandolfi, expressou sua satisfação com a iniciativa da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA) em interiorizar os serviços de regularização ambiental. Em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de Mato Grosso (Sedec), a ação tem como objetivo facilitar o acesso dos produtores rurais aos serviços da SEMA, como o Cadastro Ambiental Rural (CAR).

Segundo o vice-prefeito, a presença da SEMA no município evita que os produtores e engenheiros locais tenham que se deslocar até Cuiabá para resolver pendências ambientais. “A vinda deles aqui, além de atender os engenheiros, atender os produtores diretamente. Nosso objetivo é que Lucas do Rio Verde esteja 100% regularizado”, afirmou Pandolfi.

A palestra sobre o CAR Digital foi conduzida pela secretaria adjunta da SEMA, Luciane Bertinatto. Ela destacou a importância de abordar a entidade dos produtores rurais para dúvidas específicas sobre o CAR. “Estamos nos aproximando da comunidade, informando como proceder com o Cadastro Ambiental Rural e auxiliando na tomada de decisão”, disse ela.

De hoje até quinta-feira (23) uma equipe de dez analistas estará disponível para prestar serviços diretamente aos produtores. O secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Felipe Palis, explicou o funcionamento do mutirão. Os produtores devem ser dirigidos à Uninassal, onde serão recebidos pela equipe da SEMA. “Basta preencher um formulário disponível no site da Prefeitura e compareceu com o número do registro do CAR. A SEMA fará a comparação e atualização dos dados”, informou Palis.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Produtor rural e representante da Aprosoja-MT, Diogo Balistieri ressaltou a importância do CAR digital para agilizar processos anteriormente burocráticos e lentos. “O CAR digital vem para dar agilidade e somar aos produtores. O governo e a secretaria estão de parabéns por essa inovação”, comentou.

É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.