Obra do novo Horto de Lucas do Rio Verde deve ser entregue em março

A área de 10 hectares vai abrigar mudas de plantas frutíferas, nativas, medicinais, hortaliças e demais espécies

0

A construção da nova sede do Horto Municipal está na reta final. A nova área fica localizada aos fundos do Espaço do Empreendedor e possui extensão territorial de 10 hectares.

De acordo com o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Márcio Albieri, a construção do horto está sendo realizada com o reaproveitamento de materiais. “Usamos madeira de apreensão que foi doada ao Município pelo Ibama, tem madeira que veio do antigo Parque de Exposição, estamos reutilizando diversos materiais coletados em reformas e reaproveitando itens de demolição. Essa iniciativa gera economia para o município e ajuda na preservação ambiental”.

O secretário também ressalta que o novo espaço vai garantir a produção de mudas de árvores e flores por muitos anos. O Horto Municipal desenvolve vários trabalhos e integra projetos ambientais, como Guarde essa Semente, Plante essa Ideia, Canteiro Vivo, Horta na Escola, Cheiro Verde, além da produção de mudas de árvores nativas e frutíferas para reflorestamento.

Os projetos Horta na Escola e Cheiro Verde são desenvolvidos nas unidades de ensino e tem como objetivo incentivar o consumo de hortaliças e a importância de manter uma alimentação balanceada, por meio do plantio de verduras e legumes na horta das escolas pelos alunos.

Outro projeto é o Canteiro Vivo que tem a proposta de manter as áreas públicas do município, ruas, praças e canteiros sempre floridos e renovados. E o projeto Guarde essa Semente, Plante essa Ideia propõe que as pessoas guardem as sementes das frutas que consomem e levem até um dos parceiros do projeto (Grupo Escoteiro Calango, Lions Clube, Rotaract, Clube Desbravadores Ellu’s, Ordem Internacional do Arco-Íris e Desbravadores Guardiões do Rio Verde) que vão direcionar ao horto para produção de mudas.

A área de 10 hectares estará distribuída em canteiros, estufa e barracão e vai abrigar mudas de plantas frutíferas, nativas, medicinais, hortaliças e demais espécies.

O novo horto recebeu o nome Horto Municipal Engenheira Agrônoma Cleusa Inês Ceolin Buzanello, em homenagem a servidora que atuou na Secretaria Municipal de Agricultura de 2003 a 2015, quando faleceu em decorrência de um acidente de trânsito. Cleusa era engenheira agrônoma e era dedicada aos projetos de paisagismo da cidade.