O milionário mundo dos e-sports: quem são os 10 gamers mais bem pagos do mundo

Conheça os nomes, as cifras e o legado dos maiores jogadores de games virtuais

0
Mundial do Dota 2 de 2016, em Moscou, na Rússia - Crédito - Divulgação

Com definição cada vez mais alta, artes 3D impecáveis e temáticas envolventes, os jogos virtuais deixaram, há muito tempo, de ser apenas uma forma de entretenimento.

Equipes de jogadores profissionais de títulos, como Dota 2 e Fortnite, se formam ao redor do globo e as melhores delas competem entre si em campeonatos que movimentam valores astronômicos.


Continua depois da publicidade-pix


Só no ano passado, as equipes que disputaram o The International, o Mundial de Dota 2, ganharam quase R$100 milhões, o maior valor já registrado.

Casas de apostas virtuais, listadas no https://allbookmakers.com/, anunciam premiações sedutoras em suas páginas, e termos como “Dota 2 bets  são recorrentes em redes sociais, assim como fotos dos campeonatos, links para vídeos de partidas ao vivo, comentários e torcida.

-Continua depois da publicidade ©-

Os e-sports vêm ganhando a atenção merecida e grande parte disso deve-se, certamente, às redes sociais. Canais de mídia convencional como a Fox Sports já dedicam parte de sua programação ao mundo dos jogos virtuais.

E tal qual grandes nomes dos esportes convencionais, as estrelas dos e-sports também já movimentam cifras milionárias em campeonatos ao redor do mundo, especialmente quando se trata de Dota 2, responsável pela fortuna dos 50 jogadores mais bem pagos do último ano.

A seguir, CenárioMT mostra a lista dos 10 gamers mais bem pagos de 2018:

10. Peter “ppd” Dager

O estadunidense Peter “ppd” Dager, ocupa a décima posição da lista, com uma conta bancárias de R$ 11,5 milhões (US$ 2,8 milhões). Ainda que considerado de temperamento difícil por parte da comunidade gamer, o jogador criou táticas de jogo que impulsionaram as vitórias de times dos quais participou. Seus melhores resultados foram no World E-sport Championships 2014 e no The International 2015.

9. Saahil “UNiVeRsE” Arora

A nona posição pertence ao também estadunidense Saahil “UNiVeRsE” Arora, veterano na comunidade Dota, na qual está presente desde 2011. No campeonato The International 2015, Arora fez uma jogada a qual chamou de “six million dollar Echo Slam”, considerada uma das maiores jogadas da história do game. Ele é o feliz proprietário de R$ 12,3 milhões (US$ 3 milhões).

8. Maroun “GH” Merhej

Famoso por grandes assistências, o jogador libanês Maroun “GH” Merhej construiu um patrimônio de R$ 12,5 milhões (US$ 3,05 milhões). Ele participou de times consagrados em campeonatos como o Epicenter 2017 e o The International 2017.

7. Sumail “SumaiL” Hassan

Um dos jogadores mais jovens, o paquistanês Sumail Hassan teve seu primeiro contato com o Dota aos oito anos. Aos dezesseis anos de idade, sua participação no The International 2015 o levou a ser considerado o jogador mais proeminente do game, dono de uma conta corrente com R$ 13,1 milhões (US$ 3,2 milhões).

6. Jesse “JerAx” Vainikka

Dono de R$ 13,5 milhões (US$ 3,3 milhões), o finlandês Jesse “JerAx” Vainikka ocupa a sexta posição da lista dos jogadores mais bem pagos de 2018.

5. Lasse “MATUMBAMAN” Urpalainen

Famoso após ganhar o Assembly Summer 2014, o jogador finlandês surpreendeu a comunidade com suas altas habilidades mecânicas. Entre seus maiores títulos estão o Epicenter 2017 e o The International 2017, em grande parte responsáveis por seus R$ 13,9 milhões (US$ 3,4 milhões).

4. Ivan “MinD_ContRoL” Ivanov

Dono de R$ 14 milhões, o búlgaro Ivan Ivanov também faz parte do time vencedor dos campeonatos Epicenter 2017 e The International 2017, onde teve suas performances mais memoráveis.

3. Amer “Miracle“ Al-Barqawi

Um dos grandes prodígios do universo gamer, o jordaniano/polonês Amer Al-Barqawi atualmente possui o posto mais alto em sete campeonatos e a soma de R$ 14,8 milhões (US$ 3,6 milhões) em sua conta.

2. Johan “n0tail” Sundstein

Figurando na segunda posição da lista está o dinamarquês Johan Sundstein. Problemas técnicos com sua equipe quase impediram sua participação no The International 2018, mas suas jogadas de contra-ataque garantiram uma vitória inesperada no campeonato, levando a conta bancária do gamer a expressivos R$ 15,2 (US$ 3,7 milhões).

1.Kuro “KuroKy” Takhasomi

O topo da lista dos 10 gamers mais bem pagos de 2018 foi conquistado mais uma vez por um verdadeiro veterano do universo dos e-sports, o alemão Kuro Takhasomi, que iniciou sua trajetória em 2008, ainda no Dota 1. Com uma sólida carreira, Kuro coleciona passagens por times, campeonatos, troféus e recordes: ele é o primeiro gamer a ganhar mil partidas de Dota 2 e jogar com 107 personagens diferentes, e por isso ter conquistado uma conta bancária com R$ 16,8 milhões (US$ 4,09 milhões).





-Patrocinador-