Grêmio acaba superado pelo Palmeiras no jogo de ida das quartas de final da Libertadores

0
Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

Mais de 47 mil pessoas na Arena acompanharam a primeira partida válida pelas quartas de final da Copa Libertadores da América. Em jogo muito disputado, o Grêmio enfrentou o Palmeiras e acabou superado pelo placar de 1 a 0.

O jogo começou intenso e muito disputado. O Grêmio adiantou sua marcação e foi dono das ações na parte inicial. A primeira oportunidade foi em cobrança de escanteio – Alisson colocou no centro da área, mas a bola passou por todo mundo e a arbitragem acabou assinalando falta no campo de defesa. Cinco minutos depois, Leonardo acionou André na direita, que acabou sendo derrubado pelo marcador adversário, mas o árbitro marcou apenas tiro de meta para o time paulista. Pressionando, o Tricolor chegou mais uma vez com Everton, que carregou pela esquerda e serviu Jean Pyerre no meio – o camisa 21 arriscou de longe, mandando com perigo à direita da meta defendida por Weverton.


Continua depois da publicidade

Já os visitantes arriscaram com um cruzamento de Bruno Henrique, pela direita, mas a bola saiu forte e se perdeu pela linha de fundo, aos 11 minutos. A resposta gremista veio aos 14′, quando Alisson finalizou de fora da área, mandando no centro do gol e facilitando a defesa de Weverton. O Palmeiras chegou em seguida, com um cruzamento de Dudu – Diogo Barbosa dominou na esquerda e acionou Felipe Melo, que tentou colocar na área, mas Kannemann cortou de cabeça.

Passados 20 minutos, o Grêmio chegou novamente com um escanteio – Alisson cruzou no segundo poste, Leonardo Gomes tentou o desvio de cabeça, mas mandou à direita da meta adversária. Os paulistas conseguiram abrir o placar aos 31 minutos, em cobrança de falta da intermediária de ataque. Gustavo Scarpa chutou forte e balançou as redes.

-Continua depois da publicidade ©-

O Tricolor tentou responder com Everton, que recebeu na esquerda, carregou pro meio e finalizou, mas pegou muito embaixo da bola e ela foi por sobre a meta, com 34′. Cinco minutos depois, um novo escanteio, mas Marcos Rocha afastou a bola cruzada na área por Alisson.

Na reta final da partida, a bola foi colocada na área, Alisson tentou o domínio mas foi derrubado com falta, mas a arbitragem nada assinalou. Logo na sequência, teve um novo escanteio, mas a bola foi fechada, facilitando a defesa do goleiro do time paulista.

A etapa complementar começou melhor para os adversários. Logo aos 3 minutos, depois de cobrança de lateral, a bola foi colocada na área e Dudu subiu para desviar de cabeça. Paulo Victor conseguiu um boa defesa e mandou a escanteio.

O Grêmio tentou resposta com Everton, que recebeu de Alisson, cortou a marcação e finalizou, mas em cima da defesa. Já aos 11′, Cebolinha novamente. Desta vez, ele recebeu na esquerda, cortou para o meio e chutou forte, mas o goleiro defendeu. Insistindo no ataque, o Tricolor conseguiu um novo escanteio, com 17 minutos. A bola foi colocada na área, mas a defesa cortou e lançou o time paulista em contra-ataque. Scarpa avançou pelo meio e acionou Willian, que serviu Dudu – o atacante chutou, mas foi barrado pela defesa.

Aos 23′, Everton tabelou com Tardelli e finalizou a gol, mas Weverton conseguiu defender e salvar o Palmeiras do gol de empate. Já aos 30′, os paulistas chegaram pela direita, com Carlos Eduardo, que carregou e rolou para Dudu chutar forte – a bola passou com perigo à esquerda de Paulo Victor.

O Grêmio teve uma falta da intermediária de ataque aos 33′. Jean Pyerre colocou na área, mas a defesa cortou. Quatro minutos depois, após boa troca de passes, Matheus Henrique recebeu na esquerda e chutou, mas mandou por sobre a meta. Aos 40′, foi a vez de Jean Pyerre chutar colocado de fora da área – por pouco não marcou o gol de empate.

Na reta final do jogo, falta para o Tricolor. Jean foi para a cobrança, carimbou a barreira e a bola voltou para o camisa 21, que chutou novamente, mas Weverton defendeu.  Já nos acréscimos, os gremistas tiveram uma sequência de escanteios, mas todos afastados pela defesa paulista.

Com o resultado, o Tricolor busca a virada na próxima terça-feira, 27, no Pacaembu, em São Paulo, no jogo de volta.





-Patrocinador-