Um homem passou por momentos de terror ao tentar deixar o filho na creche, nesta manhã, em Sorriso. Três bandidos armados assaltaram a casa de um advogado e, na fuga, roubaram um carro que estava em frente à residência, ao lado da escolinha. Uma criança estava no automóvel quase foi levada na pressa dos ladrões em fugirem do local.

Em entrevista à imprensa, Júnior de Oliveira informou que antes de levar o filho à escola, foi rendido por três bandidos armados que exigiram o carro, modelo Palio. Os ladrões saíram da casa de um advogado, onde assaltaram, e abordaram o primeiro veículo que viram pela frente.

Júnior pediu para que os criminosos não levassem a criança. Assim que o garoto foi retirado do veículo, os delinquentes fugiram no carro pertencente a uma empresa transportadora.

“Eles colocaram a arma na minha cabeça. Quando saí do carro, que é rastreado, na hora liguei para a empresa e acionei a polícia para dizer onde estava o carro. Ninguém foi machucado e com o está tudo beleza. Mas foi um susto, susto mesmo. Quando parei na escolinha, ao olhar para o lado, o ladrão já estava batendo no carro. Quando fui pensar em sair, já vieram com a arma. Eu só pedi para eu pegar o neném e eles vazaram com o carro”, contou.

Segundo Júnior, o sinal de rastreamento indicou que o veículo estava no bairro Pinheiros II. Porém, a polícia foi ao local, mas recuperou o automóvel na rua Mário Lago, no bairro Jardim Liberdade.

Assalto na casa do advogado

Antes de levarem o carro, os três bandidos armados invadiram uma casa e renderam a mulher de um advogado, cujo escritório fica ao lado da residência.

Quando tirava a roupa do varal, por volta das 6h, a mulher foi rendida pelos ladrões. Ela disse aos ladrões que tinha um filho de 5 anos, que estava dormindo, e pediu para que ele não fosse acordado já que a criança presenciou outro assalto.

A mulher foi amarrada com as roupas do varal e o menino ficou no quarto com a porta fechada.

Prisão

O carro roubado – pertencente a uma transportadora – foi recuperado pela polícia na rua Mário Lago, no bairro Jardim Liberdade. Duas pessoas foram detidas.

Segundo o comandante do 12° Batalhão da PM-MT, o tenente-coronel Jorge Almeida, populares seguiram um dos suspeitos, que foi preso no bairro Bom Jesus. O acusado – que usa tornozeleira eletrônica – disse que reside em Várzea Grande e veio para Sorriso roubar residências.

“O restante da quadrilha é composto por pessoas aqui de Sorriso. São pessoas conhecidas da Polícia Militar. Não vamos informar quem são para não prejudicar as diligências”.

Uma mulher, que deu apoio aos ladrões, também foi captura pela PM que seguem em buscar de prender os demais integrantes da quadrilha.