Mulher morre ao cair em buraco de garimpo ilegal em Mato Grosso

Buraco onde a mulher caiu tem entre oito e 12 metros de profundidade. Ela levava uma marmita de comida para o marido quando sofreu o acidente.

0

Uma mulher de 45 anos foi encontrada morta dentro de um buraco em um garimpo ilegal, na cidade de Aripuanã, a 976 km de Cuiabá, nesse domingo (21). O marido dela chamou a polícia depois de encontrar a mulher caída em um buraco que tem entre oito e 12 metros de profundidade.

O marido contou que estava cuidando de um dos buracos à espera da mulher levar comida para ele, como fazia diariamente. No entanto, já era quase meia noite e ela não havia chegado. Então, ele começou a procurá-la, até que a encontrou já morta.

À polícia, o marido disse que a mulher tinha um problema no joelho esquerdo e que com frequência saía do lugar. A família estava vivendo no garimpo há três meses.

Os policiais foram até o local e a encontraram caída. Ela estava com uma mochila, contendo uma marmita com comida, uma garrafa de café e objetos pessoais. Tinha pequenos ferimentos no rosto, braços e mãos.

O corpo foi removido e levado ao Hospital Municipal para exame de necropsia e, em seguida, liberado para os familiares.

A polícia trata o caso como um acidente.