Audi pretende integrar inteligência artificial em modelos de 2021 em diante para facilitar a vida do motorista

Fonte: CenárioMT

Audi pretende integrar inteligência artificial em modelos de 2021 em diante para facilitar a vida do motorista
Divulgação / Audi

“Ei Audi, preciso calibrar os pneus?” Prepare-se para ter uma conversa com o seu carro! A Audi anunciou recentemente que integrará o ChatGPT, inteligência artificial capaz de diálogo natural, em dois milhões de veículos fabricados a partir de 2021. Isso mesmo, você poderá controlar por voz o ar-condicionado, sistema de entretenimento e navegação do seu Audi sem precisar tirar os olhos da estrada, o que convenientemente melhora a segurança.

A iniciativa demonstra a aposta da montadora alemã em novas tecnologias. A integração do ChatGPT vai além dos modelos futuros, já que a empresa oferecerá a atualização para carros equipados com o MIB 3, a terceira geração do sistema de entretenimento utilizado pela marca. Através do serviço Microsoft Azure OpenAI, o ChatGPT estará disponível para modelos já existentes. Nos carros mais novos, que possuem a arquitetura eletrônica E3 1.2, a exemplo do Q6 e-tron, a plataforma escolhida será a Cerence Chat Pro.

E quando que essas novidades chegam aos Audi?

Estas alterações devem entrar em vigor a partir de julho, a novidade permitirá que os motoristas interajam com o veículo de forma natural, bastando falar com o carro. Além de controlar as funções básicas, o ChatGPT também responderá a perguntas gerais de conhecimento, tornando a experiência de dirigir mais segura, já que o motorista não precisará tirar os olhos da estrada para manusear os comandos. Para ativar a inteligência artificial, basta pressionar o botão no volante ou dizer “Ei, Audi”.

[-CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE-]

“Este é o próximo passo para oferecer a melhor experiência a bordo em veículos Audi”, afirma Marcus Keith, vice-presidente de desenvolvimento de interior, entretenimento e conectividade da Audi.

A aposta em inteligência artificial não se limita ao conforto do motorista. A Audi planeja “explorar totalmente o potencial da tecnologia” também na fase de produção. Além de permitir perguntas como “está na hora de calibrar os pneus?”, o sistema auxiliará no controle de qualidade das fábricas, identificando pontos de solda e fissuras na carroceria.

Preocupado com a privacidade dos usuários, a Audi garante que a segurança dos dados é prioridade. Todas as perguntas e respostas serão excluídas após o processamento, e o ChatGPT jamais terá acesso a dados do veículo. A montadora afirma estar em conformidade com a Lei de Dados da UE e a Lei de Inteligência Artificial, e investe na capacitação de seus funcionários para lidar com o futuro da fabricação automobilística.