Quatro são presos suspeitos de chamar artista de rua de ‘preto e macaco’ em Balneário Camboriú

Fonte: Joana Caldas, g1 SC

16 59
Foto: Reprodução/Redes sociais

Quatro homens foram presos em Balneário Camboriú, no Litoral Norte catarinense, suspeitos de injúria racial contra um artista de rua, informou a Polícia Militar. A vítima relatou ter sido chamada de “preto e macaco” e também disse ter sofrido agressões físicas.

O caso aconteceu na noite de sábado (28) na Avenida Brasil, no Centro da cidade. O artista de rua tem 63 anos.

Testemunhas disseram à PM que as agressões começaram após o idoso pedir ao grupo para baixar o volume da caixa de som por estar atrapalhando o trabalho dele.

Os quatro homens foram identificados e presos em flagrante. A Polícia Militar informou que eles resistiram à prisão, por isso foi preciso chamar apoio de mais policiais.

[Continua depois da Publicidade]

A Central de Plantão Policial de Balneário Camboriú disse que não havia mais informações sobre o caso na manhã desta segunda-feira (30).

Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso. Já trabalhou em Rádio Jornal (site e redação).