PF prende produtor rural por manter trabalhadores em condição análoga a de escravo

Ação ocorreu no município de Farroupilha e localizou cinco trabalhadores trancados no alojamento de uma propriedade rural

Fonte: AgênciaGov

PF prende produtor rural por manter trabalhadores em condição análoga a de escravo - Foto: Divulgação
PF prende produtor rural por manter trabalhadores em condição análoga a de escravo - Foto: Divulgação

A Polícia Federal (PF) e o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) realizaram, na manhã desta terça-feira (13/2), ação conjunta para repressão ao trabalho escravo no município de Farroupilha/RS.

As diligências iniciaram após recebimento de denúncia pela Polícia Federal e resultaram no resgate de quatro trabalhadores brasileiros, sendo dois menores de idade (15 e 17 anos), e um de nacionalidade uruguaia. As vítimas estavam trancadas no alojamento de uma propriedade rural produtora de frutas. As informações iniciais indicam que os trabalhadores eram submetidos a jornadas de 10 horas e atuavam na colheita de maçãs.

O produtor rural foi preso em flagrante pelo crime de redução à condição análoga a de escravo e será encaminhado ao sistema penitenciário.

Os trabalhadores resgatados foram ouvidos e serão assistidos pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

[Continua depois da Publicidade]
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso. Já trabalhou em Rádio Jornal (site e redação).