Petrópolis: polícia vai apurar causa de incêndio em empresas de ônibus

O prefeito da cidade, Rubens Bomtempo, autorizou a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) a contratar um perito para fazer uma auditoria independente na garagem das empresas.

Fonte: Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

petropolis policia vai apurar causa de incendio em empresas de onibus 1362820

A Polícia Civil vai investigar se o incêndio que destruiu na madrugada de hoje (9) pelo menos 74 ônibus de duas empresas que operam no município de Petrópolis , região serrana do Rio de Janeiro, foi criminoso. O prefeito da cidade, Rubens Bomtempo, autorizou a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) a contratar um perito para realizar uma auditoria independente na garagem das empresas. “Temos total confiança no trabalho da perícia do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil, mas vamos também contratar esse perito para acompanhar os trabalhos”, disse o presidente da CPTrans, Thiago Damaceno.

A Secretaria de Transportes de Petrópolis (Setranspetro) informou que, do total de 74 ônibus destruídos pelo fogo, 20 estavam fora de circulação, por falta de peças de reposição.

A secretaria confirmou que a empresa Petro Ita trouxe oito ônibus da empresa de ônibus Master, de São João de Meriti, que pertence ao mesmo grup, para auxiliar na volta para casa dos moradores que residem em bairros mais distantes de Petrópolis . Mais dois ônibus vão entrar em operação ainda hoje. Para esta quarta-feira (10), a empresa Master vai enviar mais dez veículos para auxiliar no transporte de passageiros.

Plano de contingência

[-CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE-]

O prefeito Rubens Bomtempo esteve reunido pela manhã com a diretoria do Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Petrópolis (Setranspetro). Ficou definido um plano de contingência para o transporte com ações de curto prazo.

“Exigimos a apresentação ainda hoje (9) desse plano de contingência para que possamos levar para o Ministério Público, a Câmara de Vereadores e toda a população. Nosso compromisso é com o passageiro, com o cidadão. A operação precisa ser normalizada. É importante esse compromisso de restabelecer os serviços o mais rápido possível. Estamos cobrando e vamos empenhar todos os esforços para que a população não seja ainda mais prejudicada”, avaliou o prefeito.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O comércio da cidade também foi muito prejudicado hoje, por causa do incêndio nas duas empresas de ônibus que são responsáveis pelo transporte de quase 40% da população. Muita gente chegou atrasada ao trabalho por causa da falta de ônibus.

Gabinete de crise

Em nova reunião, a prefeitura instaurou, na tarde desta terça-feira, o gabinete de crise do transporte público em Petrópolis . A medida tem como objetivo discutir ações para regularizar o serviço, afetado após o incêndio de grandes proporções que atingiu a garagem de duas empresas de ônibus urbanos da cidade.

“Faremos reuniões regulares para retomar e garantir o controle e a normalização do transporte público em Petrópolis . No gabinete de crise, continuamos cobrando o plano de ação com medidas de curto prazo”, informou.

Bomtempo disse ainda que não houve prejuízos substanciais ao atendimento dos serviços de saúde e educação. “O que precisamos agora é fortalecer as ações para garantir a operação e minimizar os transtornos para a população”.

Edição: Juliana Andrade

Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.