Namorado publica carta aberta após morte de médica resgatada de carro em chamas: ‘Estou despedaçado’

Fonte: G1

Namorado publica carta aberta apos morte de medica resgatada de carro em chamas

A morte da médica Isabella Guimarães, de 24 anos, que havia sido resgatada de carro em chamas por policial da reserva e bombeiro de folga após um acidente na BR-060, em Indiara, no sul do estado, deixou os familiares e amigos da jovem muito abalados. Nas redes sociais, o namorado de Isabella, Claudio Marinho, publicou uma carta aberta em homem homenagem a ela.

“Estou despedaçado […]. Peço que ainda segure a minha [mão] aí de cima, mas tenha a certeza que você me salvou, que você me moldou, me tornou um homem melhor”, escreveu Claudio.

“E agora? Como será depois do universo, como será entrar em nossa tão sonhada casinha, como andar por cada pedacinho de nossa vida, de nossa rotina?”, questionou.

De acordo com publicações do namorado, o casal havia completado três anos juntos em novembro do ano passado. Na carta aberta, Claudio contou que Isabella tinha um “coração sempre cheio de ajudar o próximo”. Com apenas 24 anos, a médica era voluntária na organização não governamental ong Missão África, que promete “transformar a realidade de crianças, jovens e adultos no Brasil e em Moçambique por meio da educação e da nutrição”.

[CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE]

A jovem era formada em medicina pela Universidade de Uberaba (Uniube), localizada em Rio Verde, no sudoeste goiano. Nas redes sociais, a atlética do curso descreveu a jovem como uma “boa amiga, companheira, gentil e muito devota”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ainda na carta, ao lamentar a perda da namorada, Cláudio descreveu um pouco de como era a agitada rotina de Isabella como médica.

“Dói saber que ao me deitar não irei te apertar, né, como sempre me pedia, não irei mais esperar você para almoçar. Oh, moça ocupada, meu Deus, sempre correndo, sempre atrasadinha, afinal, médicos sempre se atrasam”, escreveu.

No texto escrito à namorada, o homem ainda contou sobre a dor que sente com a perda, mas agradece pelo tempo que pôde passar com Isabella.

“Obrigado, uma palavra tão pequena para mensurar toda gratidão que sinto de ter passado por você”, diz.

Ele ainda falou sobre os planos que o casal tinha, e que não puderam ser concretizados e contou sobre coisas que ela gostava de fazer e que, agora, ele também irá tentar concretizar.

“Não sabia que ao pedir você naquela carta, teria que por uma data de validade. Se soubesse, seria bem mais para frente, pois foram tantos planos, tantos projetos, tantas pousadas e lugares para viajar. […] agora irei procurar o show do Tiago Iorc mais próximo para ir e juntar dinheiro para ir até a África”, complementou.

 

Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso. Já trabalhou em Rádio Jornal (site e redação).