Tubarão quase encalha perto de embarcações; vídeo

Todos os tubarões são carnívoros. Algumas espécies, incluindo os tubarões-tigre, comem quase tudo. A grande maioria procura presas em particular, e raramente varia a sua dieta

Fonte: CenarioMT

Ainda de acordo com o especialista, era uma sucuri fêmea com mais de 20 anos e ainda com alto poder de reprodutivo.
Ainda de acordo com o especialista, era uma sucuri fêmea com mais de 20 anos e ainda com alto poder de reprodutivo.

Um tubarão quase encalhou perto de algumas embarcações e chamou a atenção de algumas pessoas que estavam nas proximidades de uma marina.

O vídeo do tubarão quase encalhado ganhou as redes sociais.

As imagens foram compartilhadas ao CenárioMT por Tayrones Alves, administrador da página Fish Vídeos Brasil (SIGA NO INSTAGRAM)

ASSISTA:

[Continua depois da Publicidade]

O tubarão

Tubarão ou cação é um tipo de peixe de esqueleto cartilaginoso e um corpo hidrodinâmico (com exceção dos Squatiniformes, Hexanchiformes e Orectolobiformes) pertencente à superordem Selachimorpha. Os primeiros tubarões conhecidos viveram há aproximadamente 400 milhões de anos.

Os tubarões se diversificaram em aproximadamente 375 espécies (no Brasil são conhecidas 88), variando em tamanho desde o menor, o tubarão-lanterna anão, Etmopterus perryi, uma espécie de no máximo 21 centímetros de comprimento, ao tubarão-baleia, Rhincodon typus, o maior, que atinge cerca de 12 metros e que se alimenta por filtragem apenas de plâncton, lulas e pequenos peixes.

Os tubarões são encontrados em todos os mares  e são comuns em profundidades até 2 000 metros.

Geralmente não vivem em água doce, com algumas exceções, como o tubarão-cabeça-chata e o tubarão de água doce, que podem viver tanto em água salgada como água doce.

Respiram através de cinco ou sete fendas branquiais e possuem uma cobertura de escamas placoides, que protegem sua pele dos danos e dos parasitas, e melhoram a sua hidrodinâmica, permitindo que o tubarão se mova mais rápido. Eles também possuem vários conjuntos de dentes substituíveis.

As espécies mais conhecidas são o tubarão-branco, o tubarão-tigre, o tubarão-azul, o tubarão-mako e o tubarão-martelo. São superpredadores, no topo da cadeia alimentar subaquática. No entanto, sua sobrevivência está sob séria ameaça por causa da pesca e outras atividades humanas.

Os tubarões praticam a fertilização interna. A parte posterior da nadadeira pélvica de um tubarão macho é modificada em um par de órgãos chamados clásperes, análogo a um pênis dos mamíferos; um deles é usado para levar o esperma até a fêmea.
Foto: divulgação/internet.

A expectativa de vida de um tubarão varia de acordo com a espécie. A maioria vive entre 20 e 30 anos. O cação espinhoso, Squalus acanthias, tem o maior tempo útil de vida, podendo chegar até a mais de 100 anos. Os Tubarões-baleia, Rhincodon typus, também podem viver mais de 100 anos. (Fonte: Wikipédia)

Se você gostou deste post: Tubarão quase encalha perto de embarcações; vídeo – vai gostar também de ler esta notícia: Sucuri é arrastada por trator; Biólogo Henrique lamenta situação

Siga-nos no Facebook Twitter para se manter informado com as notícias de hoje!

Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.