Sucuri com olho maior que a barriga não consegue engolir cascudo

Fonte: CenarioMT

Sucuris são serpentes de grande porte e predadores de topo. Existem quatro espécies, todas pertencentes a família Boidae e gênero Eunectes.
Sucuris são serpentes de grande porte e predadores de topo. Existem quatro espécies, todas pertencentes a família Boidae e gênero Eunectes. Fotos: Fábio Paschoal

Imagens impressionantes mostram uma cobra sucuri-amarela tentando engolir um peixe cascudo. Veja fotos abaixo.

O problema é que a cobra sucuri não calculou certo, o tamanho do cascudo, o que dificultou que ela o engolisse e tendo que abandonar o delicioso lanchinho.

De acordo com o Biólogo Henrique Abrahão – O Biólogo das Cobras, as cobras em geral, costumam ser sim “olho gordo” e querer predar presas enormes, como foi o caso da sucuri-amarela.

Mundo Animal direto no seu WhatsApp!

Acesse o Mundo Animal no WhatsApp e receba conteúdos incríveis sobre animais: curiosidades, vídeos, fotos e muito mais! Explore o mundo selvagem e aprenda com a gente!

O registro da sucuri-amarela tentando engolir o cascudo foi feito pelo guia e fotógrafo da natureza Fábio Paschoal, no Pantanal em Mato Grosso do Sul (MS). As imagens foram compartilhadas em seu perfil: @fabiopaschoal_wildlife

[CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE]

“Essa sucuri-amarela tentou engolir esse cascudo durante horas, mas o peixe era grande demais pra ela e a cobra acabou desistindo. Você teria coragem de chegar perto para fotografar essa cena?”, descreveu Fábio Paschoal, em sua postagem.

Veja a sequencia de fotos registradas por Fábio 

A Sucuri-amarela

sucuri-amarela (Eunectes notaeus) é uma espécie de cobra família Boidae originária de América do Sul. É menor que a sucuri-verde (Eunectes murinus) e por isso, suas presas são menores. Não é peçonhenta e mata suas presas por constrição.

Possui um comprimento de 2,4 a 4,6 metros de comprimento e uma massa média de 30 kg, embora possa alcançar os 40 kg. As fêmeas normalmente são maiores do que os machos. Sucuris-amarelas recém nascidas medem cerca de 60 centímetros.

Sucuris-amarelas são monogâmicas em série e possuem um período de gestação de 6 meses. Entre Abril e Maio, esta espécie forma “bolas de reprodução”, um aglomerado de machos em volta de uma única fêmea.

Assim como as demais sucuris, a amarela habita os pântanos e brejos, bem como em áreas de vegetação seca
Assim como as demais sucuris, a amarela habita os pântanos e brejos, bem como em áreas de vegetação seca. Foto: Wesley Costa Oliveira/Reprodução

Estes grupos costumam ficar juntos por aproximadamente um mês. São ovovivíparas e o número de filhotes em uma ninhada varia entre 4 e 82, sendo que o número médio é 40. Sucuris-amarelas atingem a maturidade sexual entre 3 e 4 anos de idade.

Se você gostou deste post: Sucuri com olho maior que a barriga não consegue engolir cascudo vai gostar também de ler esta notícia: Cobra sucuri foi filmada abatendo porco do mato

Siga-nos no Facebook Twitter para se manter informado com as notícias de hoje!

Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.