Pescadores ficam frente a frente com onça pintada; VEJA

Fonte: Onça

As onças pintadas possuem mandíbulas excepcionalmente fortes, apresentando as mais poderosas mordidas dentre todos os grandes felinos
As onças pintadas possuem mandíbulas excepcionalmente fortes, apresentando as mais poderosas mordidas dentre todos os grandes felinos. Foto: reprodução/Internet.

Pescadores ficaram frente a frente com uma onça-pintada, no Pantanal Sul-mato-grossense.

Em um vídeo postado por Vera Bento, em seu perfil no Instagram, é possível ver a onça bem próxima a embarcação, deitada no barranco de um rio. O belíssimo flagrante teria ocorrido na região de Corumbá (MS).

A onça, possivelmente uma juvenil, pouco se importou com a presença dos pescadores no local e permaneceu deitada as margens do rio.

Depois de algum tempo sendo filmada, a onça saiu do local de onde estava. Minutos depois ela reaparece para a alegria dos visitantes.

[Continua depois da Publicidade]

ONÇA-PINTADA

A onça-pintada é o terceiro maior felino do mundo, após o tigre e o leão, e o maior do continente americano.

Apesar da semelhança com o leopardo (Panthera pardus), a onça-pintada é evolutivamente mais próxima do leão (Panthera leo). Ocorre desde o sul dos Estados Unidos até o norte da Argentina, mas está extinta em diversas partes dessa região atualmente.

As onças pintadas possuem mandíbulas excepcionalmente fortes, apresentando as mais poderosas mordidas dentre todos os grandes felinos. Isso permite que ela fure a casca dura de répteis como a tartaruga e de utilizar um método de matar incomum: ela morde diretamente através do crânio da presa entre os ouvidos, uma mordida fatal no cérebro.

Por estar no topo da cadeia alimentar e necessitar de grandes áreas preservadas para sobreviver, esse animal o mesmo tempo temido e admirado que habita o imaginário das pessoas é um indicador de qualidade ambiental. A ocorrência desses felinos em uma região indica que ele ainda oferece boas condições que permitam a sua sobrevivência.

As crescentes alterações ambientais provocadas pelo homem, assim como o desmatamento e a caça às presas silvestres e às próprias onças são as principais causas da diminuição da população de onças no Brasil.

Reduzir essas ameaças é fundamental para garantir a sobrevivência da onça-pintada e a integridade dos ecossistemas.

Se você gostou deste post: Pescadores ficam frente a frente com onça pintada; VEJA   – vai gostar também de ler esta notícia:  Cobra sucuri teria mesmo matado homem? Biólogo Henrique desvenda

Siga-nos no Facebook Twitter para se manter informado com as notícias de hoje!

Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.