Homem encontra a cobra mais poderosa do Brasil

A surucucu-pico-de-jaca é uma cobra muito temida por sua peçonha, que é altamente neurotóxica.

Fonte: CenarioMT

A surucucu-pico-de-jaca é encontrada na América do Sul, desde o sul da Venezuela até o norte da Argentina.

Um homem durante uma caminhada, encontrou a maior e mais poderosa cobra do território brasileiro, a surucucu-pico-de-jaca.

Além de possuir uma das peçonhas mais letais, entre as serpentes brasileiras, a surucucu-pico-de-jaca tem a habilidade de formar dois ‘S’ com o próprio corpo, tornando um grande propulsor para que ela atinja um bote certeiro e fatal em sua presa.

Saiba mais sobre a surucucu no vídeo apresentado pelo Biólogo Henrique Abrahão – O Biólogo das Cobras

YouTube video

A peçonhenta surucucu

A surucucu-pico-de-jaca (Lachesis muta) é a maior cobra peçonhenta da América do Sul e a segunda maior do mundo, atrás apenas da cobra-rei. Ela pode atingir até 4 metros de comprimento e pesar até 25 kg.

[Continua depois da Publicidade]

É uma cobra de hábitos noturnos e se alimenta principalmente de mamíferos, como capivaras, porcos-do-mato e veados. Também pode atacar aves, répteis e anfíbios.

A surucucu-pico-de-jaca é uma cobra muito temida por sua peçonha, que é altamente neurotóxica. O veneno dela pode causar paralisia muscular, insuficiência respiratória e morte.

A picada da surucucu-pico-de-jaca é uma emergência médica e o tratamento deve ser feito o mais rápido possível. O antiveneno é eficaz se administrado em tempo hábil.

Lachesis muta, vulgarmente conhecida como surucucu, surucutinga, surucucutinga, surucucu-de-fogo, surucucu-pico-de-jaca e cobra-topete, é a maior serpente peçonhenta da América Latina.
Cor amarela com manchas negras caracteriza o animal — Foto: Arquivo TG

Apesar de seu tamanho e veneno, a surucucu-pico-de-jaca é uma cobra tímida e evita o contato com os humanos. No entanto, é importante estar atento à sua presença, principalmente em áreas rurais e florestais.

Aqui estão algumas dicas para evitar ser picado por uma surucucu-pico-de-jaca:

  • Use botas altas e calça comprida ao caminhar em áreas onde a cobra pode ser encontrada.
  • Use lanterna à noite para iluminar seu caminho.
  • Faça barulho ao caminhar para alertar a cobra de sua presença.
  • Se encontrar uma surucucu-pico-de-jaca, não tente pegá-la ou matá-la. Afaste-se lentamente e com cuidado.
Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.