Cobra sucuri aparece em estrada; IMPRESSIONANTE

O flagrante da cobra sucuri aconteceu na MT-208, município de Cotriguaçu (distante de 950 km de Cuiabá) em Mato Grosso (MT).
O flagrante da cobra sucuri aconteceu na MT-208, município de Cotriguaçu (distante de 950 km de Cuiabá) em Mato Grosso (MT). Foto: reprodução

Uma enorme cobra sucuri, aliás, a maior espécie do Brasil, apareceu repentinamente atravessando uma estrada e impressionou um motociclista que passava pelo local.

O flagrante da cobra sucuri aconteceu na MT-208, município de Cotriguaçu (distante de 950 km de Cuiabá) em Mato Grosso (MT).

A sucuri surpreendeu pelo tamanho, aproximadamente 4 metros de cumprimento. A anaconda atravessou a rodovia e seguia para uma área alagada.

A cobra sucuri não oferece risco ao Ser Humano, desde que a pessoa não vá tentar tocá-la ou fazer captura sem conhecimento técnico adequado. Essas cobras não possuem peçonha, ou seja, veneno.

[Continua depois da Publicidade]

“Risco zero se ele não tentar pegar nela. Mas, se quiser tocar no animal, ela se defende com a boca. Ela também pode querer fugir. Se achar necessário, pode morder, mas não para predar, apenas para afugentar”, comentou o biólogo Luiz Eduardo Saragiotto ao portal Olhar Direto.

A cobra sucuri pode viver até 30 anos

A sucuri é uma cobra da família Boidae, pertencente ao gênero Eunectes e sua distribuição geográfica é restrita à América do Sul.

Até o momento são conhecidas quatro espécies de sucuri ─ Eunectes notaeus, Eunectes murinus, Eunectes deschauenseei e Eunectes beniensis ─ sendo as três primeiras com ocorrência no Brasil e a última ocorrente na Bolívia.

A Eunectes murinus é a maior cobra do continente americano, chegando a medir até 11 metros e 60 centímetros, e a segunda maior a nível mundial, perdendo em tamanho apenas para a cobra píton (Python reticulatus) do sudeste Asiático.

A cor das diferentes espécies de sucuri varia conforme a espécie. A Eunectes murinus possui um colorido de fundo que varia da verde oliva a preta, com pares de ocelos escuros em cada lado do dorso, e o ventre é amarelo, com manchas muito irregulares.

É mais frequente o seu avistamento em ambientes da Amazônia e do Cerrado onde o padrão de coloração da sua pele ajuda na camuflagem.

O flagrante da cobra sucuri foi feito pelo guia turístico Vilmar Teixeira, as margens do Rio Formoso, no município de Bonito, no Mato Groso do Sul (MS).
O flagrante da cobra sucuri foi feito pelo guia turístico Vilmar Teixeira, as margens do Rio Formoso, no município de Bonito, no Mato Groso do Sul (MS).

A estratégia utilizada para caçar é a da espreita seguida do bote. As sucuris não são venenosas, pois não possuem dentes inoculadores de veneno, mas sua mordida é forte o bastante para atordoar sua presa que rapidamente é envolvida pela musculatura forte e robusta da serpente.

Se você gostou deste post: Cobra sucuri aparece em estrada; IMPRESSIONANTE  – vai gostar também de ler esta notícia: Cobra é resgatada após ficar presa dentro de lata; VÍDEO

Siga-nos no Facebook Twitter para se manter informado com as notícias de hoje!

Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.