Sinop não registra óbitos por coronavírus nas últimas 24h

0

O Boletim Informativo nº 134, de 12 de agosto, da Secretaria Municipal de Saúde de Sinop aponta que o município tem hoje 146 pacientes confirmados com o novo coronavírus ainda ativo no organismo, 19 estão internados e outros 127 em isolamento domiciliar. O documento traz o cenário para Covid-19 de pacientes residentes em Sinop e também aponta que não foram confirmadas novas mortes pela doença nas últimas 24 horas. Até o momento, 68 pessoas vieram a óbito desde o início da pandemia, em 16 de março.

Desde então, 2.571 sinopenses positivaram para a infecção, tendo sido 1.349 por meio da metodologia de RT-PCR e outros 1.222 por meio de teste rápido, estes confirmados após investigação epidemiológica, avaliação do quadro clínico, análise de exames laboratoriais ou de imagem. Dentre os positivados, 2.357 pessoas já estão recuperadas.


-Continua depois da publicidade ©-

O quadro de pacientes internados positivados para SARSCoV-2 se apresenta da seguinte forma:

REDE PRIVADA:
UTI: 1
Enfermaria: 3

REDE PÚBLICA:
UTI: 11
Enfermaria: 4

Além dos casos confirmados, outras 2.222 pessoas compõem o grupo de pacientes sinopenses ainda em situação suspeita para Covid-19, desses 2.014 por teste rápido.  A maioria – 2.212 – está em isolamento domiciliar, 70 amostras pela metodologia RT-PCR estão em análise junto ao LAcen/MT e 84 junto a rede privada de saúde e 10 pessoas estão internadas:

REDE PRIVADA
UTI: 0
Enfermaria: 5

REDE PÚBLICA
UTI: 3
Enfermaria: 2

Devido município de Sinop ser polo e abrigar o Hospital Regional, muitos leitos estão ocupados por moradores de outras cidades e/ou estados, hoje 34 no total, cinco suspeitos e 29 confirmados. Este quadro ocupa 52% dos leitos de UTI da rede pública de saúde.
REDE PRIVADA
UTI: 3
Enfermaria: 6

REDE PÚBLICA
UTI: 15
Enfermaria: 10

Até o fechamento deste relatório, um óbito segue em investigação, aguardando resultado do exame RT-PCR junto ao Lacen/MT. Trata-se de uma mulher de 72 anos que faleceu no dia 31 de julho enquanto internada no Hospital da Visão e apresentava comorbidades com quadro suspeito de Covid-19. Todos os resultados liberados estão no sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL).

Saiba mais sobre Covid-19

Segundo o Ministério da Saúde, os sintomas da COVID-19 podem variar de um resfriado, a uma Síndrome Gripal-SG (presença de um quadro respiratório agudo, caracterizado por, pelo menos dois dos seguintes sintomas: sensação febril ou febre associada a dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza) até uma pneumonia severa. Sendo os sintomas mais comuns:

Tosse

Febre

Coriza

Dor de garganta

Dificuldade para respirar

Perda de olfato (anosmia)

Alteração do paladar (ageusia)

Distúrbios gastrintestinais (náuseas/vômitos/diarreia)

Cansaço (astenia)

Diminuição do apetite (hiporexia)

Dispneia (falta de ar)

A transmissão acontece de uma pessoa doente para outra ou por contato próximo por meio de:

Toque do aperto de mão contaminadas;

Gotículas de saliva;

Espirro;

Tosse;

Catarro;

Objetos ou superfícies contaminadas, como celulares, mesas, talheres, maçanetas, brinquedos, teclados de computador etc.

As recomendações de prevenção à COVID-19 são as seguintes:

Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou então higienize com álcool em gel 70%. Essa frequência deve ser ampliada quando estiver em algum ambiente público (ambientes de trabalho, prédios e instalações comerciais, etc), quando utilizar estrutura de transporte público ou tocar superfícies e objetos de uso compartilhado.

Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com a parte interna do cotovelo.

Não tocar olhos, nariz, boca ou a máscara de proteção fácil com as mãos não higienizadas.

Se tocar olhos, nariz, boca ou a máscara, higienize sempre as mãos como já indicado.

Mantenha distância mínima de 1 (um) metro entre pessoas em lugares públicos e de convívio social. Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote um comportamento amigável sem contato físico, mas sempre com um sorriso no rosto.

Higienize com frequência o celular, brinquedos das crianças e outros objetos que são utilizados com frequência.

Não compartilhe objetos de uso pessoal como talheres, toalhas, pratos e copos.

Mantenha os ambientes limpos e bem ventilados.

Evite circulação desnecessária nas ruas, estádios, teatros, shoppings, shows, cinemas e igrejas.

Se estiver doente, evite contato próximo com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, busque orientação pelos canais on-line disponibilizados pelo SUS ou atendimento nos serviços de saúde e siga as recomendações do profissional de saúde.

Durma bem e tenha uma alimentação saudável.

Recomenda-se a utilização de máscaras em todos os ambientes.  As máscaras de tecido (caseiras/artesanais), não são Equipamentos de Proteção Individual (EPI), mas podem funcionar como uma barreira física, em especial contra a saída de gotículas potencialmente contaminadas.

Leia também: Resultado das loterias de hoje (21/09/2020)


Amazonia 03 de Junho