19.9 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 15 maio, 2021
InícioMATO GROSSOPolícia flagra abatedouro clandestino de aves em Várzea Grande

Polícia flagra abatedouro clandestino de aves em Várzea Grande

Dono do local foi preso; policiais da Dema e fiscais do Indea encontraram no local 1.200 aves para abate e outras 166 já abatidas.
Por CenárioMT

Equipes da Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema) e do Indea fecharam nesta quarta-feira (28) um abatedouro clandestino de aves no bairro Capão Grande, em Várzea Grande. O proprietário do local foi preso em flagrante pelos policiais civis.

A Dema recebeu uma denúncia de que um local para abate de aves estava em funcionamento na localidade e operava sem nenhum documento emitido pelos órgãos sanitários, como licença ou serviço de inspeção para a atividade.

De acordo com a delegada Liliane Murata Costa, no local foram encontradas 166 aves abatidas e 1.200 aves para abate. Todas foram entregues ao Instituto de Defesa Agropecuária do Estado para a destinação pertinente.

A delegada requisitou perícia da Politec no local para coletar material referente aos crimes ambientais de poluição e maus tratos.

O proprietário do abate clandestino foi autuado em flagrante por diversos crimes previstos na legislação ambiental e de defesa do consumidor. Ele responderá por: causar poluição ambiental, com lançamento de resíduos sólidos, líquidos ou gasosos, ou detritos, óleos ou substâncias oleosas, em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou regulamentos; atuar sem licença ou autorização dos órgãos ambientais competentes, ou contrariando as normas legais; vender, ter em depósito para vender ou expor à venda matéria-prima ou mercadoria, em condições impróprias ao consumo; fornecedores de bens de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade que os tornem impróprios ao consumo.

O suspeito foi encaminhado nesta quinta-feira para apresentação em audiência de custódia do Poder Judiciário.

A delegada da Dema esclarece que a falta de serviço de inspeção sanitária em locais que atuam com abate causa inúmeras doenças infectocontagiosas, entre elas a doença de Newcastle, que se dissemina rapidamente e atinge aves comerciais, silvestres e domésticas, com sinais respiratórios seguidos por manifestações nervosas e por diarreia e edema da cabeça. O vírus da Newcastle está presente no ar expirado pelas aves, em fezes, ovos das aves doentes e em toda a carcaça da ave. A transmissão se dá por meio da ingestão de água e alimentos contaminados.


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

POLÍCIA
Morador de Lucas do Rio Verde cai em golpe e tem prejuízo de mais de R$ 25 mil
maio 14, 2021
SAÚDE
Lucas do Rio Verde é 2º na classificação regional e sobe para 41º no ranking estadual em vacinação contra Covid-19
maio 14, 2021