Polícia descarta 211 quilos de documentos que perderam a validade em Mato Grosso

Fonte: Assessoria | PMMT

PMMT
PMMT

A Comissão Permanente de Avaliação de Documentos da Polícia Militar, realizou o descarte de pouco mais de 211 quilos de documentos que já perderam a validade. O ato de eliminação aconteceu nesta segunda-feira (03), em uma empresa de reciclagem, em Várzea Grande.

Essa foi a primeira sessão de eliminação de documentos, baseados na Instrução Normativa n.º 003/2023 da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplag), que informa sobre o descarte de documentos que já perderam sua validade processual.

Ainda neste ano, em outros dois momentos documentos serão enviados para o local para o descarte correto. Os documentos correspondem entre os anos de 1998 e 2018, que perderam a validade até o ano de 2021.

Uma vez selecionados, a lista de documentos passa pela aprovação da comissão e, posteriormente, para a Superintendência de Arquivo Público de Mato Grosso, que determina a autorização de eliminação.

Outros descartes

Em janeiro deste ano, a Polícia Militar realizou o descarte de 1,7 tonelada de documentos, seguindo o cronograma descrito em 2023.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ainda no ano passado, foram realizados os descartes de 826 quilos de documentos, totalizando cerca de 30 metros lineares, que já estavam sem validade e também passaram pelo mesmo processo.

Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.