Polícia Civil prende mais três envolvidos no assassinato de comerciante no Shopping Popular

Josionaldo Araújo foi morto no dia 19 de dezembro passado; oito criminosos foram presos no total, desde o crime

Fonte: Raquel Teixeira | Polícia Civil-MT

Foto: Gov. MT
Foto: Gov. MT

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP) cumpriu nesta terça-feira (12), na capital, três mandados de prisão contra envolvidos no assassinato do comerciante Josionaldo Ferreira de Araújo, ocorrida no Shopping Popular, em dezembro do ano passado.

A investigação da DHPP chegou aos líderes de uma facção criminosa envolvidos no homicídio do comerciante. Dois mandados foram cumpridos contra presos que estão reclusos na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, e um contra um alvo que estava solto. Um quarto envolvido está foragido.

De acordo com o delegado Bruno Magalhães Abreu, que conduz o inquérito, desde o início das investigações, oito criminosos foram presos por envolvimento na morte do comerciante, ao todo.

Parte dos mandados foram cumpridos durante a Operação Unity, deflagrada pela DHPP em agosto.

[Continua depois da Publicidade]

Josionaldo, de 46 anos, foi morto no dia 19 de dezembro, após ser abordado por uma dupla criminosa na frente de uma das lojas que ele tinha no local.

A DHPP apurou que uma dupla chegou ao centro comercial e, sem saber quem era a vítima, se comunicava a todo momento com uma terceira pessoa, em busca de informações sobre o comerciante. Em determinado momento, Wenderson Santos Souza, de 24 anos,um dos executores, se aproximou do parceiro e apontou para a vítima, gesticula e sinaliza ao comparsa quem era o alvo.

Josionaldo foi abordado pelos criminosos, que começaram a dialogar entre si, para se fingirem de clientes do shopping. Um deles chamou o comerciante que, ao virar, foi atingido pelo primeiro disparo e imediatamente caiu. Em seguida, Josionaldo foi alvejado por mais de cinco disparos.

Na fuga, Wenderson entrou em confronto com policiais militares e morreu nas imediações do shopping. O outro criminoso, de 22 anos, foi preso em flagrante, e teve prisão convertida em preventiva.

[Patrocinado]
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal! Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em Mato Grosso.