22.7 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 15 abril, 2021
InícioMATO GROSSO‘Morto não faz compra e nem janta em restaurante’, diz desembargadora

‘Morto não faz compra e nem janta em restaurante’, diz desembargadora

Por DA REDAÇÃO

A desembargadora Maria Helena Póvoas, presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), pediu compreensão dos comerciantes após determinar que os municípios cumpram o decreto do Governo do Estado.

O documento estadual prevê quarentena obrigatória em pelo menos 50 cidades de Mato Grosso, entre elas Cuiabá e Várzea Grande, que estão classificados com risco muito alto de contágio da covid-19.

“Nós precisamos disso. Que os comerciantes entendam. Morto não faz compra e nem janta em restaurante”, disse a desembargadora, no Programa Resumo do Dia, da TV Brasil Oeste, horas após a decisão de segunda-feira (29).

Na sua determinação, a desembargadora também elencou a punibilidade aos prefeitos que descumprirem o que está estabelecido.

“[…] advertindo-se expressamente os chefes dos Poderes Executivos Municipais que o não atendimento da ordem judicial ensejará a devida responsabilização, nos termos da lei”, consta.


Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

NOVO DECRETO
Em vídeo, Miguel Vaz fala sobre novo decreto e pede atenção da sociedade para prevenção a covid-19
abril 15, 2021
GERAL
Moradora de Lucas do Rio Verde ganha R$ 10 mil no sorteio do Programa Nota MT
abril 15, 2021